O que está procurando?

segunda-feira, 29 de junho de 2009


Ao Som das Vuvuzelas o Brasil é Tri Campeão

*Kercio Henrique
É não foi nada fácil, porém nossa seleção continua em acessão e conquistou pela terceira vez a Copa das Confederações. Agora temos a hegemonia total do futebol mundial, maior campeão de todas as copas do mundo e agora também da copa das confederações.
Longe da facilidade que todos imaginávamos antes do jogo o Brasil sofreu um belo susto, ao terminar o primeiro tempo perdendo pros Estados Unidos por 2x0. Porém na volta pro segundo tempo tudo mudou, puxado pelo matador Luis Fabiano que marcou duas vezes, e o coração de Lúcio que sagrou a virada e nossa primeira conquista na África do Sul.
Esperamos que os bons ventos por aquelas bandas continuem, e próximo ano as vuvuzelas anunciem mais um titulo mundial pra nós brasileiros.!

Boas vindas a Lívia!

*Simone Cabral

Caríssima Lívia!

Seja bem-vinda! Tenho certeza que a sua participação no Blog o tornará ainda mais dinâmico, interativo e, cada vez mais, abrangente. Com a sua contribuição, será um reforço importante para manter a qualidade e a diversidade de conteúdos, notícias e informações para os nossos leitores e leitoras.

Diretora Irene Almeida, Secretária Vãnia Jácome e estudante Raiane Lima na entrega dos livros

Secretária de Educação recebe doação de quase 500 livros para o curso pré-vestibular
* Caramurú

O segundo módulo das aulas do curso pré-vestibular Abrindo Caminhos começou com a Secretária Municipal de Educação, professora Vânia Jácome, recebendo 464 livros de Biologia, Língua Portuguesa e Matemática para serem usados pelos mais de 200 alunos e alunas participantes do projeto realizado pela Prefeitura Municipal de Campo Grande e parceiros.

A doação partiu da direção da Escola Estadual Professor Joaquim Leal Pimenta. O gesto é uma retribuição aos investimentos que a municipalidade vem fazendo pela educação do ensino médio. "Os livros estão atualizados e em bom estado de conservação e veio em boa hora pra reforçar nossa atuação junto ao projeto Abrindo Caminhos", agradeceu a Secretária Vânia Jácome.

domingo, 28 de junho de 2009

Fotos das apresentações do Arraiá Filhos de Santana

Whilame e Narjara deram show em Janduís

'Filhas de Santana' nos bastidores da apresentação

Grupo Transformação em foto histórica


Walkiria e Camila, mostrando a beleza campograndense

Filhos de Santana se apresentaram em Triunfo, Janduís e Campo Grande






Arraiá Filhos de Santana se apresentam na região
* Caramurú

No segundo ano de organização, a quadrilha estilizada do grupo teatral Transformação, começou a receber convites para apresentações fora do município. De acordo com Pedro Miau, coordenador municipal de Cultura, a qualidade dos figurinos e o desempenho do grupo na coregrafia tem rendido elogios por onde passa. Hoje (domingo, 28) é a vez da turma se apresentar no encerramento do II Arraiá do Povo Feliz, em frente ao mercado público de Campo Grande, a partir das 19 horas.

sábado, 27 de junho de 2009

Vereadora Lívia Sonalle (à direita) comenta o trabalho desenvolvido em CG e o perfil dos textos

Primeiro texto de Lívia Sonalle
De Rafael Fernandes para o NOTÍCIAS DO SERTÃO
* Lívia Sonalle

Lisonjeada e com responsabilidade é como me sinto. Primeiramente, pela alegria de receber o convite de uma pessoa por quem tenho uma grandiosa admiração, o meu amigo Caramuru (seja pela história de vida ou como vice-prefeito), para escrever no seu blog. E em segundo lugar porque desde muito tempo acompanho e sei das ações que o município de Campo Grande desenvolve dentro do cenário sócio, político, econômico e cultural, protagonizadas por grandes pessoas como: Pe. Pedro, Ronaldo Valença(in memorian), Zé Estácio, Pedro Miau, Caramurú e outras tantas pessoas deste município, que com certeza contribuem para fazer de Campo Grande um lugar cada vez melhor e com repercussões em todo o estado.

Então, inicialmente gostaria de saudar e parabenizar a todo o povo Campograndense, por todas as iniciativas e projetos desenvolvidos, ao amigo Caramuru, pela criação e importância que este blog representa e a toda equipe Ruston Liberato, Kércio Henrique e a Profª Simone Cabral (companheira de trabalho por quem tenho profunda admiração e respeito), e dizer que dentro dos limites e possibilidades pretendo e espero contribuir de forma significativa e positiva na construção deste espaço na internet. Então um abraço à todos !

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Aluna em visita a UFERSA. Atividade do módulo I

Curso Abrindo Caminhos divulga a relação dos alunos com respetctivas turmas e horários.
* Caramurú
Concluída o primeiro módulo do curso pré-vestibular, a Prefeitura de Campo Grande, UERN, parceiros e alunos realizaram a avaliação e distribuição das turmas, de acordo com os horários e dias abaixo. Confira o seu nome:

Turma 01 – Funcionamento de quarta a sexta, das 19 às 23 horas, na Escola Joaquim Leal Pimenta
1. Gerlândia Cristina de Medeiros Fernandes
2. Antonio Segundo Filho da Costa
3. Ranires Luziane Cabral da Silva
4. Antonio Neilson Salvino da Silva
5. Maria Melânia de Brito
6. Anna Regina Veras de Castro
7. Mayara Sabrina Oliveira Arcanjo
8. Gilza Freire de Souza
9. Tarcila Mara da Silva Freire
10. Hortência Cristina Alves de Souza
11. Sâmia Rafaele Batista Alves
12. Maria Eliane de Souza
13. Rubaneide
14. Elayne Cristine Régis de Moura
15. Eveline Régis de Moura
16. Ruima Kedja Alves de Souza
17. Rosilene Lopes
18. Manoel Paulo de Aquino
19. Karina Manuele Batista Alves
20. Luzia Geize Fernandes Rebouças
21. Emanuela Suiane
22. Antonio Marinaldo Vieira
23. Clícia Alves da Silva
24. Antonio Kallio Vagner Fernandes Pimenta
25. Elizangela de Oliveira
26. Marineide Bezerra de Oliveira
27. Zideneide Gondim Dantas
28. Antonia Zeneide Gondim Dantas
29. Kaliane Kena Rocha Gondim
30. Katiane Gondim
31. Alcilene Batista Carlos
32. Antonia Ranielle Rocha da Costa
33. Antonio Neirimar de Oliveira
34. Ana Katarina Fernandes Medeiros
35. Athalla Shirleyde de Souza Trajano
36. Micivan Joab Nogueira Bandeira
37. Érica Sâmara Pimenta de Moura
38. Acácia Faustina Bezerra de Brito
39. Kalyne Pereira Soares
40. Marta Lígia de Castro Rebouças
41. Fábia Caroline Fdes. De Almeida Batista
42. Magnos Silas
43. Jacinta Fideles
44. Veraneide Aquino
45. Claudiana Matias Batista
46. Manoel Elenilson
47. Emanuelle Graciely
48. Liduina Moura
49. Pedro Paulo
50. Samla Cardoso de Castro
51. Ilan Viana
52. Francisco Costa de Lima
53. Maria Eliana Alves
54. Dones Neto dos Santos
55. Antonia Anielle Bezerra
56. Angélica Viana Diniz
57. Damião Irismar Barreto de Araújo
58. Francisco Feliciano Filho
59. Samara Dalila

Turma 02 - Funcionamento de terça, quinta e sexta, das 19 às 23 horas, na Escola Joaquim Leal Pimenta
1. Jackson Fernandes Pereira
2. Francisco Políbio Pimenta Filho
3. Oscarina Caldas Vieira
4. Renato Felipe Azevedo Bezerra
5. Iracema Manielle Bezerra
6. Antonia Nayane da Silva
7. Benedito Renilton Fernandes
8. José Wellington Cordeiro de Almeida
9. Edvania Cordeiro
10. Ana Ozelita Teixeira
11. Maria Isabelle Xavier de Oliveira
12. Fábio Leonardo Alves Liberato
13. Francisco das Chagas Damasceno
14. Francisco Dantas de Brito
15. Antonio Adriano
16. Maria Edinária Bezerra da Rocha
17. Francisco Medeiros Neto
18. Emília Rafaella Bezerra Aderaldo
19. Celita Marques Vieira de Melo
20. Edna da Silva Vieira
21. Marlene Anselmo
22. Clesia Fernandes
23. Raiane Claúdia de Lima
24. José Nilton Gondim Farias
25. + trinta alunos de Triunfo Potiguar

Turma 03 - Funcionando aos sábados, de 8 às 12 h, na Escola Municipal Professor Joaquim Leal Pimenta
1. Antonia Unária Márcia Batista Gondim
2. Francisco Sidnei Dantas da Silva
3. Ana Maria de Jesus
4. Maria Osineide de Oliveira
5. Dones Neto dos Santos
6. Geane Fernandes
7. Roserlange Freitas
8. Graciene Carvalho Neris
9. Ana Paula de Souza
10. Clécia Alves da Silva
11. Clécia Adriana Vieira Leal
12. Ana Gabriela Malaquias Patrício
13. Selma Aline Pimenta
14. Aline Viana da Silva
15. Joaquim Emanoel Fernandes Gondim
16. + trinta alunos de Janduís

Turma 04 - Funcionando aos sábados, de 8 às 12 h, na Escola Municipal Professor Joaquim Leal Pimenta
1. Ana Pauline Medeiros Pereira
2. Cirele Hendsa Souza de Oliveira
3. Antonia Janete Batista Alves
4. Maria da Conceição Bezerra da Silva
5. Maria Claúdia A. Soares
6. Dionísia Moreira Dantas Neta
7. Roque Scheneider
8. Maria Juliana Fernandes Brito
9. Felipe Fernandes Neto
10. Maria Luzilene
11. Maria dos Santos Bezerra Costa
12. Oliveira Bento da Silva
13. Angélica Fernandes
14. Antonio Tadeu de Oliveira Lopes
15. Claudineide de Oliveira
16. Elânia Raiane Alves Vieira
17. Carlos Gardel
18. Kelly Simone Batista
19. Maxsuel Veras
20. Antonia Patrícia Neris Pimenta
21. Sebastião Roberto da Silva
22. Fernanda de Souza Valdir Costa
23. Cleidiane Costa da Silva
24. Maria Salete Fernandes Moura
25. Benedita Batista Carlos
26. Joelma Barbosa Bezerra
27. Antonia Rosineide Marques Teixeira

As pessoas com problemas nos horários ou que não foram relacionadas devem procurar A coordenação do Projeto Abrindo Caminhos para resolverem suas situações.
Professora Lívia Sonalle entra no time de colaboração do nosso blog

Livia Sonale é a nova colaboradora do NOTÍCIAS DO SERTÃO
* Caramurú

A equipe de colaboradores continua com Simone Cabral, Kércio Henrique, Ruston Liberato e a minha pessoa. Mas a boa novidade, será a chegada de Lívia Sonalle (foto), professora da UERN no campus Pau dos Ferros e vereadora pelo Partido dos Trabalhadores em Rafael Fernandes, que nos honrará com artigos e informações, sobretudo, os principais acontecimentos do Alto Oeste. Bem vindo, companheira.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Meta para 2009: 100.000 visitas

50.000 agradecimentos
* Caramuru

Em nome da equipe do
www.blogdocaramuru.blogspot.com gostaria de agradecer as visitas que nos deram 4.116 acessos mensais no último ano. Para um blog de pequena cidade e sem sensacionalismo é realmente motivo de muita comemoração. Certamente tanto apreço foi conquistado pelos textos do companheiro-irmão Ruston Liberato, do jovem amigo Kércio Henrique e da Dra. Simone Cabral. O grupo trabalha permanente e gratuitamente para manter o nosso espaço na internet. A continuar neste ritmo terminaremos o ano com 100.000 visitas. Continuemos firmes.

A mudança na apresentação do blog foi realizada pelo companheiro e designer Heráclito Patrício, responsável pelo excelente CG NEWS. A imagem do pôr-do-sol na Serra do Cuó, em Campo Grande, estimulou e consumou a alteração do nome fantasia do blog para NOTÍCIAS DO SERTÃO, associando a missão de informar principalmente sobre as coisas da nossa geografia sertaneja. Pela beleza do visual dado ao blog e a colaboração atenciosa, Patrício merece um agradecimento muito especial. Deus continue iluminando seu talento.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Kállio Vagner é um dos melhores alunos do curso pré-vestibular

Kálio responde com sabedoria a minha indignação
* Caramurú

Quando falei sobre a morte do amigo Beto, lancei a minha ignorância sobre o fato das pessoas boas aparentemente sofrerem tanto ou mais do que as ruins. Daí, Kércio Henrique mostrou em Jô a resposta e agora Kálio Vagner me enviou este texto belíssimo. Leiam e tirem suas conclusões:

Todas as coisas para o bem. Se Deus nos ama por que sofremos ?
Kálio Vagner*

Entraremos em um assunto polêmico. Se Deus nos ama por que sofremos? Provavelmente você já deve ter passado por algum sofrimento, seja ele em quaisquer áreas da sua vida, como a espiritual, familiar, física, emocional, financeira, entre outras. Conta-se uma história de um homem justo. Ele tinha uma filha que fazia tricô, esse morreu e sua filha triste pergunta a um certo sábio, “- por que meu pai ?” Ele pega um dos seus tricotes mostra o avesso a ela e diz: - “Que vê?” ela diz: - “Um tricô feio” novamente ele mostra o outro lado e diz: - “O que vê ? - agora?” ela diz: - “Um belo tricô” Ele diz: - “Só quando olharmos o outro lado da vida é que passaremos a vê como realmente ela é.”

Baseando-se nessa história, iremos falar um belo relato bíblico. Em João onze (Jo11) expõe um pouco a vida de Lázaro, irmão de Marta e Maria, a que ungiu Jesus com óleo. Aconteceu que Lázaro ficou doente. Suas irmãs enviam um mensageiro até Cristo dizendo: - “Está enfermo a quem tu amas?” observe que Jesus ama aquela família, ao ponto que eles convictamente dizerem:- “A quem tu amas” Jesus diz: - “Esta doença não é para morte, mas para que o Filho de Deus seja por ela glorificado” veja que controverso! Seria Deus insensível a dor humana? Por que ele Jesus disse tal coisa? Ouvindo isto, Cristo passa dois dias no lugar onde estava, veja agora o tempo! Por que Jesus não foi logo após a notícia? Chegando Cristo, encontra Lázaro morto já há quatro dias, e Marta o vendo vai ao seu encontro e diz: - “Senhor se estivesse aqui, meu irmão não morreria” De semelhante modo diz Maria ao velo. Vendo Jesus o sofrimento de Marta e Maria e de amigos próximos de Lázaro, já contristado, Jesus chorou, mostrando sem nenhuma hipocrisia que amava muito aquelas pessoas, e diz: - “Eu sou a ressurreição e a vida quem crê em mim ainda que esteja morto viverá” disse Jesus:- “Tirai a pedra de onde o sepultaste” Disse Marta: - “Senhor faz quatro dias que Lázaro morreu, e já cheira mal” Disse Jesus: - “Não disse se credes verás a glória de Deus?” Então tiraram a pedra, e todos que ali se encontravam vêem Lázaro ressuscitado.

Dado o exposto peço o caro leitor que reflita um pouco e responda essas perguntas. Qual o milagre maior? De curar um doente ou ressuscitar um morto? De trazer de volta a vida um morto de um dia ou de quatros dias? Sensatamente irá perceber que ressuscitar um morto de quatro dias é concerteza o milagre maior. Sendo assim Deus permite que soframos por que em meio a esse, Deus tem propósitos muito mais elevados do que os nossos. Romanos diz: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que ama a Deus” Veja que tudo que acontece conosco seja coisas boas ou ruins, conjuntamente nos leva para um bem maior, uma vez que realmente amamos a Deus. “A providência Divina controla o universo de maneira tal que tudo que acontece conosco seu fim é o bem” R.C.Spoul.

* Kálio Vagner é evangélico e estudante do curso Abrindo Caminhos, pretende cursar música.


Festa de emancipação de Triunfo Potiguar terá seleção de FUTSAL de Campo Grande
* Caramurú

Umas das principais atrações dos festejos alusivos a emancipação de Triunfo é o confronto de FUTSAL envolvendo a seleção local e a equipe de Campo Grande. Na oportunidade será formalizada a participação da equipe triunfense na I Copa Oestana de FUTSAL que a Prefeitura de Campo Grande promoverá em julho. O próprio prefeito Bibi de Nenca estará presente para entregar ao prefeito Gildenor um troféu referente aos jogos da amizade que nossa cidade realizou em abril.

A programação ainda terá apresentações culturais e o show com a banda Cezão do Forró.

Campo Grande goleia Caraúbas em primeiro amistoso preparatório para a I Copa Oestana de FUTSAL
* Caramurú

Ontem começou a caminhada da Seleção Municipal de FUTSAL rumo ao título da mais importante atividade esportiva do interior do Rio Grande do Norte, a Copa Oestana. A população lotou a quadra Marcondes Tavares Bezerra e aplaudiu o tempo todo o show da nossa equipe. O placar final foi 5 a 3 com destaque para o jogador Chinês (2 da foto) que marcou duas vezes. A velocidade aliada a habilidade do grupo surpreendeu a forte equipe de Caraúbas que teoricamente tinha um futebol superior. O técnico Flávio Bezerra ficou satisfeito com o resultado e agora se prepara para o próximo desafio que é enfrentar Triunfo Potiguar na sexta-feira, 26.
A I Copa Oestana de FUTSAL é uma realização da Prefeitura Municipal de Campo Grande em parceria com o Banco do Brasil - Agência Campo Grande e conta com os apoios da FULL Gráfica, INFO CG e Blogs CG NEWS, CG JOVEM e Grandes em Campo, e do site CG Curtição.

terça-feira, 23 de junho de 2009



*Simone Cabral



O projeto de extensão universitária Encontro com Autores está vinculado ao Departamento de Ciências Sociais da UERN. Tem como objetivo discutir autores do pensamento social e literário. Geovânia Toscano e Ailton Siqueira, ambos professores da UERN, fazem parte desse projeto.

Amistosos da Seleção: Campo Grande x Caraúbas. Primeira partida preparatória para i Copa Oestana de FUTSAL
* Caramurú

Hoje a noite a partir das 19:30 h acontece o jogo amistoso entre as seleções municipais de futebol de Salão de Campo Grande e Caraúbas. Para Leci Flávio, treinador da equipe local, a partida será oportunidade para verificar o desempenho de alguns atletas e definir seu elenco para o maior evento esportivo do interior do Rio Grande do Norte. A I Copa Oestana está muito repercutida na região e promete envolver cerca de 20 cidades do médio e alto oeste. A realização é da Prefeitura de Campo Grande e o Banco do Brasil S.A. - Agência Campo Grande.

segunda-feira, 22 de junho de 2009


Reprodução da entrevista concedida por Caramurú Paiva para o site www.cgcurticao.com

- Prezado Caramuru, como o site é jovem, temos necessidade de saber algumas curiosidades suas: Tais Como: Naturalidade?
Como a maioria das crianças de Campo Grande, sou registrado como filho de Caraúbas porque nasci na maternidade de lá. Entretanto, minha primeira infância foi na fazenda Oásis, no nosso município.

- Idade?
Tenho 34 anos .... completo 35 no dia 19 de outubro.

- Onde mora?
Sou residente a 05 anos no Alto de Santana, Rua Francisco das Chagas de Brito, nº 13. Antes, vivi a segunda infância na Rua Joaquim Leal Pimenta, ali em frente à Bueira do açude da Prefeitura, lugar aonde minha mãe reside até hoje. Também morei vizinho à casa de Patrício do CG NEWS, próximo à Rua Pe. Pinto.

- Sonho?
Sou geração que cultivava a ideologia. Portanto, tenho muitos sonhos individuais e coletivos. Aliás, me identifico com a palavra sonho e me fascino frente aos desafios apresentados pela vida e transformo estes em metas a serem alcançadas e/ou superadas. Quando fui presidente do Grêmio Estudantil, meu slogan vinha daquela música do Raul Seixas: “(....) Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade (...)”. Dois exemplos de sonhos coletivos é ver a humanidade superando a atual crise ambiental e as antigas desigualdades sociais. Já dois sonhos particulares são o de minhas filhas se realizem pelo esforço e eu fazer uma pós-graduação.

- Algum Sonho de Consumo?
Construir minha casa com quintal cheio de plantas e de primeiro andar aonde eu faça algum tipo de passagem secreta. Isso é uma idéia desde criança quando eu me escondia em cima do prédio que atualmente é o salão de cabeleireiro de HC.

- Você é vaidoso?
Olha nunca perdi tempo escolhendo a roupa que vou vestir ou me fascinei com algum elogio pessoal ou profissional. Portanto, não me acho vaidoso.

- O que você mais gosta em você?
Fisicamente eu gosto da cor dos meus olhos. No meu jeito de ser, eu gosto de trabalhar muito. A amiga Zuleide até costuma dizer que quando não tenho o que fazer, eu invento. Acho que é assim mesmo.

- É dos Carecas que elas gostam mais?
Meus cabelos começaram a cair significativamente a partir dos 18. Mas eu nunca tive qualquer ‘grilho’ de adolescente nem tentei esconder nem tratar. A careca muda a aparência para uma idade superior a real. No entanto, esse não me pareceu impedimento para namorar e até consegui uma mulher bonita que quis casar comigo. Diria que olhando para o conjunto da obra, hoje me sinto mais feio do que na fase de criança e mais bonito do que quando eu era adolescente.

- Melhor lugar para ir?
A areia do rio no Campo de Aviação é o lugar ideal para jogar futebol. O banho de açude é excelente. E a noitinha, adoro deitar numa rede e ler um bom livro. Atualmente leio a biografia do educador Paulo Freire, escrita pela viúva Ana Maria Araújo Freire.

- Já se arrependeu de algo que fez? O quê? E por quê?
Considero sempre as quedas como momentos para se tirar boas lições. Vi uma entrevista do Augusto Cury aonde ele afirmava algo parecido. Portanto, não lembro de arrependimentos, mas reconheço erros, busco aprender com eles e me desculpar quando percebo que feri alguém. A última vez que agi assim foi numa conversa com um dos maiores amigos de minha vida que é Zé Estácio. Depois pedi desculpas. Errar faz parte do processo de crescimento e amadurecimento.

- O que não se arrepende e faria de novo?
Essa pergunta me fez lembrar a decisão de entrar na política, barrando meu caminho profissional. Foi uma opção que mexeu muito comigo e as pessoas ao meu redor. No entanto, confesso que faria o mesmo esforço porque vim cheio de sentimento solidário e uma intenção de colaborar com nossa cidade por dentro do Governo Municipal.

- Já pagou algum Mico? Pode nos contar como foi?
Já cometi muitas mancadas. Micivan sabe milhões de histórias que logo cuida de exagerar e transformar em estórias. Vou deixar alguns “gorilas” para ele lhe contar. Direi somente o ‘sagui’ mais recente. . Eu estava saindo as pressas do oculista, Mossoró estava chovendo e corri, entrei no meu carro (que estava sendo dirigido por um amigo e me aguardava na frente da clínica). Resultado: o carro não era o meu. Eu fiquei sem jeito e saí a procura do correto.

- Perguntinhas chatas, mas que temos que fazer: Estilo Musical Preferido?
Como trabalhei em bar e discoteca, gosto de tudo quanto é música. Entretanto, para ouvir e em casa, prefiro músicas brasileiras mais arranjadas e com letras bem trabalhadas.

- Musica Preferida?
Pérola Negra, de Luiz Melodia.

- Bebida?
Aprendi com meu grande mestre Pe. Pedro a apreciar um bom vinho tinto seco.

- Comida?
Adoro toda culinária nordestina. No caso de uma galinha caipira, às vezes chego a preferir o caldo com farinha.

- Se tivesse a oportunidade de voltar no tempo, o que você mudaria?
Eu me daria a chance de dizer muito mais vezes ao meu pai que o amava e me espelhava na sua trajetória e retidão. Abraçaria e beijaria todos os dias.

- Sabemos que gosta de Futebol, gosta de jogar e joga bem, por que então não seguiu carreira e levou a sério?
Sempre tive a certeza que o estudo era caminho mais seguro para o meu desenvolvimento. O esporte, e o futebol em particular, representa na minha vida um hobby e a oportunidade para todo jovem consolidar valores éticos fundamentais em todas as dimensões da vida. Ou seja, sempre me imaginei um engenheiro que jogava bola com os amigos nos finais de semana.

- No passado você durante um tempo manteve um projeto chamado “Bom de Bola, Bom de Escola” na escola JLP, você achava aquele time BOM?
Quando tive a idéia de fazer um trabalho voluntário com os garotos, o futebol me surgiu como bom atrativo para envolver a turma num processo educativo. De repente, me deparei com uma geração maravilhosa que hoje compõe a base da seleção municipal de FUTSAL. A gente ganhou todos os jogos realizados contra os municípios vizinhos, mas a melhor lembrança foi a dos professores dizendo que os meninos começaram a mudar o comportamento na sala de aula. Dentro das quadras, lembro especialmente da goleada que aplicamos em Caraúbas com direito a um gol onde Rafael driblou toda a equipe adversária.

- Vários jogadores daquele time são destaque do futebol da cidade hoje em dia, tais como Biu, Xinês, Evandro, Rafael, Netinho de Branca. Você acha que tem porcentagem neste bom desempenho deles?
Preciso acrescentar nesta relação o zagueiro central da minha confiança que hoje mora no Rio de Janeiro, o amigo Michael Melo. Segundo, a maior porcentagem que sinto nesta história é a de alegria pela felicidade de ter convivido com essa geração no momento dos primeiros contatos de muito deles com a bola de FUTSAL.

- Ainda falando daquele time, o historio dele foi muito bom, venceu todos os times da região, não perdeu nenhuma partida, por que então não jogar o JERNS em Mossoró? Por que o time acabou pouco tempo depois?
Eu criei aquele time voluntariamente, nos intervalos das aulas que eu dava na Escola Joaquim Leal Pimenta, em 1998. No mês de agosto daquele ano eu fiz uma greve pelo atraso salarial e depois pedi para sair do cargo. Então pouco tempo depois eu fui atuar fora de Campo Grande num projeto chamado Umbuzeiro e não teve alguém que ficasse para dá continuidade ao Projeto Bom de Bola, Bom de Escola.

- Você tem um apoio muito grande dos Jovens de Campo Grande, a que você atribui isso?
Tenho um comportamento espontâneo e defendo as minhas idéias. Sou um sonhador radicalmente contra todas as formas de injustiças. Antes de quaisquer outros interesses, tenho paixão por futebol, estudo e cultura. Vivi e cresci em Campo Grande seguindo uma trajetória de realização profissional sem mudar minhas atitudes. Acho que esses aspectos são quem mais me ligam ao mundo dos jovens e criam essa empatia. Acredito que os jovens são e sempre foram os principais responsáveis pelas mudanças ocorridas na história da humanidade.

- Agora falando da terrinha: Na sua opinião quais foram os maiores Idealizadores do Futebol de Campo Grande?
Da minha época posso citar Capitão Abílio como o maior, seguido por Zé Estácio, Inácio Bezerra, Damião Todo Duro, Pedro Miau, Cláudio Fernandes, Wellington Teixeira, Micivan Freitas, Flávio Bezerra, Maciel, Alzay Barbosa, Coim do Bom Futuro, etc. Campo Grande é uma cidade apaixonada por futebol.

- Algum Lugar em Especial na cidade?
Gosto da zona rural que é muito extensa e sempre tem uma paisagem nova para ser descoberta. Em especial lembro a Fazenda Oásis, palco da minha infância, e a caatinga com os plantios de cajueiro.

- Momento Marcante na Cidade?
Todas as vezes que Pe. Pedro retorna a Campo Grande é recebido com carinho e festa pela população. Essas lembranças são inesquecíveis. Mas a caminhada da vitória nas eleições 2008 deve seguir por um longo tempo em meu coração.

- Justifique a Resposta da pergunta acima (ou seja, Por quê?):
Imagino que o fato de ser sido a primeira vez do meu engajamento como candidato me colocou noutra posição para acompanhar e ver o resultado de um dos momentos mais sublimes da democracia brasileira com o povo decidindo os destinos da sua cidade, escolhendo uma chapa onde eu participava diretamente e saindo aos milhares pelas ruas da cidade.

- Festa Inesquecível em Campo Grande?
Tanildo Show, em 2008.

- Falando um pouco de Política; Quando e Por que decidiu ser um “companheiro” do Partido dos Trabalhadores?
O sentimento de inconformismo perante as injustiças que presenciava e a participação no movimento estudantil foram importantes fatores que me levaram a por a estrela no peito. Eu gostava da rebeldia de dizer aos poderosos: “- vocês estão errados” e não temer retaliações. As referências de pessoas como Pe. Pedro, Inez Helena, Ronaldo e os primeiros petistas da cidade eram atraentes. As vivências sofridas da infância e adolescência me deram um sentimento de classe. Finalmente, as leituras me ajudaram a esclarecer o entendimento que as desigualdades sociais eram obras humanas e podiam ser modificadas. Daí a filiação no PT onde tive a honra de ser secretário, vice-presidente, presidente e coordenador do pólo regional médio oeste.

- Após filiar-se ao PT você já tinha vontade de seguir carreira política? Quando você decidiu que deveria participar ativamente da Política de Campo Grande?
Desde a adolescência, eu tinha a consciência que era preciso fazer política e eleger as pessoas competentes, honestas e comprometidas. No entanto, às vezes em que fui recomendado para me candidatar eu preferi a negativa e continuar como militante de bons políticos como a nossa querida deputada federal Fátima Bezerra. No entanto, a fatalidade do falecimento da nossa maior liderança eleitoral, o companheiro Ronaldo Valência, fez os militantes do nosso partido me apontarem na responsabilidade de dá prosseguimento a caminhada de mais de 20 anos do Partido dos Trabalhadores em Campo Grande. Primeiramente o partido me elegeu presidente com 100% dos votos dos filiados e depois me indicou para candidatura de vice-prefeito novamente com a unanimidade partidária. Diante da consciência do meu papel, foi que me pus disponível para o projeto partidário, disponibilizando meu nome a uma candidatura em nosso município.

- Você considera que o PT é uma das Lideranças Políticas da Cidade?
Sem sombras de dúvidas, desde o nascedouro que o PT de Campo Grande representa um diferencial de idéias, atitudes e eleitoral na política local. Por exemplo, mesmo antes de Lula se tornar o fenômeno internacional, a candidatura petista para presidente em Campo Grande ficou todas às vezes em primeiro lugar. O apoio a constituição de mais de 40 associações com cerca de 1,5 famílias associadas tem muitos traços petistas. O PT é o único partido cuja votação cresce ano a ano nas eleições locais. Especialmente nas eleições 2006, enfrentando campanhas caras e tradicionais que se baseavam no assistencialismo e na perseguição política, o nosso grupo petista deu uma extraordinária votação de quase 900 votos livres para Fátima Bezerra. Em 2008, o convite do PMDB para aliança conosco certamente levou em conta a nossa densidade eleitoral. De certo modo, comprovamos na campanha colocando nossa colaboração na vitória do bloco situacionista e dando mais de 700 votos aos nossos vereadores, o que correspondeu à quantidade de votos suficientes para eleição de praticamente 02 mandatos legislativos. Ou seja, não se pode desconsiderar o PT na realidade política local.

- No futuro você almeja outros postos na política, como Prefeito, Deputado, Governador?
Quando falamos de política temos que compreendê-la como um projeto coletivo. Ou seja, a nossa vontade é integrante de um conjunto de vontades que constituem as filiações ou alianças partidárias. Confesso que fiquei muito feliz de algumas vezes ter sido indicado pela militância partidária do PT oestano e também pela direção estadual para sair numa candidatura a deputado estadual. Entretanto, me vejo na tarefa de vice-prefeito e é para esta que quero me dedicar nos próximos anos. No cenário local participamos de uma aliança muito bem construída com o PMDB, PC do B e PV. E a prerrogativa natural de candidatura pertence ao atual prefeito Bibi de Nenca. Portanto, não fazemos quaisquer conjecturas de aspiração para este cargo em 2012. Exceto, numa mudança neste contexto que sinalize para a abertura do direito por parte de Bibi, o que não se configura neste momento.

- Ronaldo Valença (in memorian) para você foi:
Ronaldo Valência integra um seleto grupo dos grandes homens públicos de nossa terra. O discurso alimentava a praxe e a caminhada retroalimentava a sua filosofia de vida. É uma honra para o Partido dos Trabalhadores ter em Valência um dos nossos construtores em Campo Grande e no Rio Grande do Norte. É redundante dizer, mas reitero que a oportunidade de crescer, construir, discordar, dialogar e fazer a luta social com ele foi de enorme riqueza para mim.

- Luiz Inácio Lula da Silva para você é:
Lula é a tradução da alma brasileira. Guerreiro, criativo, determinado, justo, humano e de enorme competência na condução dos destinos do nosso país. Os números dizem tudo: de cada 100 brasileiros/as, apenas 6 consideram o seu mandato ruim ou péssimo. Lula traduz a filosofia política do PT, defendendo e realizando o crescimento nacional com distribuição de renda, promovendo uma política internacional soberano e defensora dos direitos nacionais, olhando a diversidade cultural e geográfica do Brasil, aplicando políticas afirmativas, construindo os alicerces para um desenvolvimento sustentável da nação brasileira. O presidente Lula, com a peculiar habilidade política, construiu uma ampla aliança para garantir as bases da governabilidade, unindo PMDB, PSB, PC do B, PDT e muitos outros partidos. O governo Lula dá atenção e investimentos para as prefeituras muitos superiores aos que fizeram seus antecessores. A sua gestão traz muito da democracia participativa, conforme inspirações paulofreirianas do PT. Como disse antes, Lula e Campo Grande sempre foi um caso de amor. Imagine agora onde na última eleição de cada 10 conterrâneos, 8 votaram nele. Às vezes eu imagino que o sujeito deve espernear muito para encontrar motivos e negar a transformação social que nosso presidente vem fazendo no Brasil.

- Agora vamos falar de Trabalho: O que mudou na sua vida após o dia 1º de Janeiro de 2009 quando você foi empossado como Vice-Prefeito de Campo Grande?
Mudou bastante. Eu tinha uma atividade profissional consagrada. A área de abrangência era bem maior, a estrutura federal era mais adequada às atividades e as relações institucionais também eram mais amplas. Hoje recebo um salário ligeiramente inferior, atuo focado na prioridade de colaborar com o prefeito no objetivo de desenvolver a nossa terra e todas as articulações políticas passam pelo objetivo da governabilidade da gestão municipal.

- Qual seu maior desafio como Vice-Prefeito da Cidade?
É bastante simples de entender. O que mais o eleitorado lançou de expectativa sobre este cargo era exatamente ver um vice-prefeito atuando, exercendo seu papel. Ou seja, fazendo jus ao salário que recebe. Não quero achar razões ou relatar como se davam as atuações dos vices anteriores (que por sinal teve muitos nomes importantes), mas quero ser parceiro do prefeito e ajudar na gestão. O segundo desafio era o de superar a tradição de conflitos de interesses entre prefeito e vice. Não quero ser comparado com Bibi nem com prefeitos passados porque não fui eleito para ser prefeito. O que desejo de verdade é ser reconhecido pela população com um cidadão que praticou bem o exercício da função atribuída nas urnas. Finalmente penso em por meus conhecimentos de gestão e políticas públicas a serviço de um projeto desenvolvimentista, liderado pelo parceiro Bibi e colocado em prática por muitas pessoas comprometidas com Campo Grande.

- Bibi de Nenca e Caramuru Paiva é um bom time? Poderia falar um pouco desta parceria?
Bibi de Nenca e eu viemos construindo uma relação rara na política local que é a de amizade e confiança. Posso dizer sem medo de errar que Bibi é o homem de palavra mais segura no meio da política campograndense. Ele tem uma combinação de generosidade e força. Ou seja, não desrespeita adversário nem muito menos aliado, mas não abre mão de uma agenda claramente voltadas para questões coletivas, o desenvolvimento local e a inclusão social. Isso é que me identifica com a gestão. Ele é um gestor maduro e um político experiente uma vez que esteve nos bastidores das últimas 4 ou 5 eleições de nossa terra. Da nossa parte, venho de uma vivência muito rica na Gestão do Governo do Presidente Lula e tenho disponibilizado minha vontade e experiência para este projeto. E é por esses e outros motivos que a população vai se sentindo confortável e compreende que a nossa boa amizade não terminou em 04 de outubro, como é a praxe da maioria dos políticos. Se Deus quiser, caminharem juntos por muito tempo.

- Por favor, Cite pelo menos 3 dos principais projetos da Prefeitura Municipal para os próximos 4 anos:
Primeiro cito a prioridade de cuidar do povo garantindo a continuada melhoria do atendimento médico, da educação, da agricultura familiar, à cultura, ao esporte, etc. É a quantidade de médicos que foi dobrada, a disponibilidade de medicamentos na farmácia básica, o aumento nos exames de média e alta complexidade, a extensão dos serviços médicos para novas comunidades rurais, a estruturação da coordenação de cultura e a criação do calendário cultural, a realização de jogos esportivos comunitários, escolares e regionais; a ampliação do programa de corte de terra com 500 horas e trator na hora certa; a colônia de férias da ação social; o cartão do idoso, etc Segundo, a transparência e a democracia, num mandato aberto para debater com o povo e ouvir as críticas positivas. A gestão, não pode perder os ouvidos para deixar de saber o que a população pensa. E Bibi tem feito muitas escutas. Finalmente, a agenda de obras e abertura de novos postos de emprego. Tem-se mantido muitos contatos e neste ano a captação de recursos deve alcançar a marca de R$ 2 milhões. Se mantivermos a mesma média nos próximos anos teremos cerca de R$ 8 mihões investidos ao longo do mandato. Isso na prática representa diversas realizações sonhadas pela população como a sede das bandas de música, saneamento básico, casas populares, etc. Por outro lado, significa também novos postos de empregos temporários. Por falar em emprego, o Desenvolvimento Econômico e a Geração de Emprego e Renda vem merecendo investimentos especiais da gestão com a capacitação da mão de obra local e o fortalecimento das cadeias e atividades produtivas.

- Sabemos que o município passa por uma crescente onda no uso de drogas, muito por parte dos jovens da cidade. Existe algum projeto da prefeitura para tentar coibir isto?
A crise de segurança é nacional e os problemas de uso crescente de drogas idem. Aliás, falando em drogas é importante dizer que 86% da população brasileira consome álcool que é uma droga legalizada o que nos leva a refletir que a legalização não pode ser vista como solução. No caso específico de Campo Grande realmente temos visto muitos jovens sendo levado pelo mundo do crime através dos braços da maconha, crack, etc. É preciso uma mobilização de todos, governo e sociedade civil. Recentemente a Prefeitura se fez parceira na I Caminhada Juventude Quer Viver, afirmativa para aqueles que acham possível viver feliz sem drogas. Os nossos Programas de Governo para Esporte e Cultura, tem uma série de atividades voltadas para o esclarecimento e a ocupação saudável do jovem no seu tempo extra-classe. O teatro, o esporte e o curso pré-vestibular são lugares que envolvem ordinariamente cerca de 800 jovens. A Alfabetização Digital é uma linha que complementará o tempo da juventude. Assim já implantamos telecentros na cidade e na zona rural. Pretendemos informatizar todas as escolas e as principais associações comunitárias. A capacitação profissional voltada para a juventude é outro trabalho que será intensificada pela atual gestão. Ou seja, apostamos na ocupação inteligente e saudável do jovem contra o ócio drogado.

- A Festa de Sant’Anna 2009 trará alguma atração de renome para a via costeira? Pode nos dar uma dica?
O prefeito vem correndo para liberar um recurso razoável até o inicio de julho. Se sair a tempo, com certeza teremos uma banda das melhores do momento. Caso contrário teremos ainda assim um bom artista regional e a grande mudança deverá ser vista no show da praça com bons seresteiros, regionais pé de serra, humoristas sertanejos, músicas de metais e danças típicas. Vai lembrar os bons tempos de Festa de Santana.

- Perguntas dos Internautas:- Caramuru, sabemos que as prefeituras do nosso País, passam por uma crise muito difícil, e logicamente hoje Campo Grande depende muito do FPM (fundo de participação do município), como um vice-prefeito deve se comportar e explicar a população esta crise que passa pelos municípios, sabendo que a população pede muito a prefeitura.
Primeiramente é compreensível entender que uma população carente e historicamente vítima de políticas assistencialistas continuem procurando um político para resolução dos seus problemas pessoais. Por outro lado, o FPM como principal fonte de arrecadação e o de Campo Grande sendo 0.6, a prefeitura sentiu profundamente esses efeitos da crise. Diante da situação, acho que a informação precisa e transparente é o melhor meio para demonstrar ao povo a real situação da prefeitura. Talvez seja uma boa oportunidade para iniciar uma política de esclarecimento sobre o legítimo papel da prefeitura e seus gestores.

- Para você quais os grandes Políticos da História da Cidade?
Abrir mão da exclusividade da vida privada e se tornar figura comprometida com a causa comunitária é o atributo conferido a todo homem e toda mulher da política. Portanto, guardo respeito aos que se colocam a disposição de tamanha atitude. Reverencio inclusive, aqueles/as que não comungam das mesmas opiniões que as minhas. Em Campo Grande houve grandes nomes na nossa política, mas considerando a afinidade de projeto e a garra que tinha, eu considero Ronaldo Valência um dos maiores. Alguém pode até dizer: “mais só venceu uma ?”. Bem, eu nunca fui do time maquiavélico. Vencer ou perder, não significa apenas terminar na frente, mas vale muito a forma com que se caminhou. Portanto, vejo Valência como um dos maiores. Pe. Pedro é outro. Acho que o comportamento e as bases feitas no início do mandato, dão conta que Bibi de Nenca pode está escrevendo uma nova página política em Campo Grande. Já o considero um dos grandes. Francisquinho e Bebeto também foram e são 2 líderes expressivos. Arnaldo Bezerra faz um dos maiores mandatos, dos presidentes que já vi passar pela Câmara de Vereadores de CG. Vagner vem iniciando bem. Dilcinéia pode fazer história. Sr. Miguel de Chagas foi um grande nome. Manoel de Brito teve 2 anos de gestão impecáveis. Ou seja, só no meu tempo vi muita gente expressiva e grande para o padrão local de política.

- Você se espelha em algum?
De cada personalidade pública você pode tirar boas lições para a sua vida. Inclusive sobre o que não fazer. Dos citados, o que mais me influenciou foi Pe. Pedro me colocando na posição de não vaciliar na defesa da verdade das causas comuns. Me identifico bastante com a serenidade aliada a determinação encontrada no comportamento do prefeito Bibi. E admiro as adversidades que SR. Franscisquinho teve no início da vida e as superou para se tornar a importante figura política que foi para CG.

- Você é um grande orador, isso se deve a muita dedicação, ou vontade de ser político?
Obrigado. A negociação faz parte da sobrevivência de um garoto pobre no meio do mundo. Fui de movimento estudantil, cultural, líder de classe, de grupos de jovens, fui professor, comentarista esportivo, assessorei associações, fui gestor de projetos, fiz teatro, etc. Ou seja, quase tudo que fiz envolveu diálogo. Ademais sou democrata e acredito muito na força da palavra. Portanto, a parte boa que tenho na oratória deve ser fruto dessa caminhada porque nunca me dediquei a nenhum treinamento sobre como falar em público ou algo do gênero.

- Por favor, cite três grandes oradores na sua opinião, sendo eles na presidência da república , no governo do estado e um de nosso município:
Governo Federal – Dilma Rousseff (porque foi sensacional a resposta a José Agripino); Governo do Estado – Canindé de França; e no nosso município gosto muito de ouvir o pronunciamento do vereador Arnaldo. Considero que ele tem o raciocínio rápido e se sai bem em improvisos.

- Considerações Finais: Você Acha que o site é importante para a cidade e as pessoas da terrinha? Por quê?
Com certeza a internet é realidade para uma parcela razoável da população campograndense. De um lado o site é uma ferramenta que democratiza a informação. De outro, quando nas mãos de uma juventude inteligente e crítica como a do CG CURTIÇÃO, a tendência é assumir contornos novos e abrir os horizontes e as cabeças do povo para “sair do quadrado”. Ou seja, cada um ver que é possível fazer diferente e todos agindo, a cidade fica bem melhor.

- Para você o que deveria acrescentar e Retirar no site?
Absolutamente nada. Estou impressionado com a excelente qualidade e capacidade interativa do site. Quero apenas parabenlizar pelo espaço tão profissional que Campo Grande e seus interessados podem contar.

- Nota de 0 a 10 para o site?
13

- Deixe um Comentário Final para os Filhos de Sant’Anna:
Desejamos uma festa de Santana feliz. E convidamos a todos e todas para contribuírem com idéias, ações, iniciativas e apoio estrutural ou financeiro para tornar nossa terra melhor. Só não vale ficar parado. Abraços.

IV SEMANA DE ESTUDOS EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL SERÁ REALIZADA NO CAMPUS DA UERN EM PAU DOS FERROS-RN*

Simone Cabral

O Departamento de Economia do Campus Avançado “Profª. Maria Elisa de Albuquerque Maia”/UERN, através do Núcleo de Estudos em Desenvolvimento Sustentável da Micro-região de Pau dos Ferros –NUDESP, realizará, no período de 17 a 20 de novembro de 2009, a IV SEDER – SEMANA DE ESTUDOS EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL, com o objetivo de aprofundar as discussões e reflexões sobre desenvolvimento regional, e divulgar a produção acadêmico-científica, bem como intensificar o intercâmbio entre professores, alunos e pesquisadores da área de Economia e correlatas.
O evento constará de conferências, mesas redondas, sessões de comunicação, pôsteres, minicursos, lançamentos de livros, exibição de filmes/documentários e atividades artístico-culturais. As inscrições poderão ser efetuadas através do site www.uern.br/paudosferros/economia, observando-se os prazos estabelecidos para cada atividade, e mediante o pagamento das respectivas taxas referentes a cada uma das modalidades de participação no evento. Os trabalhos aceitos serão apresentados em forma de pôsteres ou oralmente. O resumo e o trabalho completo serão publicados em CD-ROOM, com ISBN.
*Extraído do site: www.uern.br/paudosferros/economia

domingo, 21 de junho de 2009

Hugo Manso (à esquerda) em recente entendimento com Bibi e equipe de Governo

Hugo Manso visita comunidade beneficiada com telecentro de Inclusão Digital
* Caramurú

Na tarde deste domingo (22), a comunidade rural do Bom Jesus terá a presença do Delegado Federal do Desenvolvimento Agrário, Hugo Manso, com o objetivo de conhecer o local de instalação do Telecentro de Inclusão Digital do MDA. O investimento consta de 10 computadores com internet e uma estrutura de som e multimídia com telão, projeto, câmeras fotográficas e filmadoras. A agenda acontece a partir das 16 horas e constará de encontro com a Presidente da Associação Lilia Holanda, representantes da Prefeitura Municipal de Campo Grande e Núcleo Sertão Verde.

A comunidade foi contemplada após aprovação no comitê territorial do Sertão do Apodi. Este telecentro do Governo Federal integrará a meta do Projeto de Alfabetização Digital que a Gestão Cuidando de Você tem de universalizar a informática para a zona rural do município. No início do ano, a Prefeitura tinha contemplado as famílias do Morcego e Caiana com dois telecentros e 10 computadores. Com esse que o MDA implantará a ação se estenderá para o Bom Jesus e entorno. A meta é ao final de 04 anos capacitar cerca de 2.000 pessoas de Campo Grande.

sábado, 20 de junho de 2009


I Copa Oestana de FUTSAL será a maior programação esportiva do interior. Previsão de 20 cidades participantes
* Caramurú

A Prefeitura Municipal de Campo Grande em parceria com o Banco do Brasil - Seguro Ouro Vida e FBB realizarão no próximo mês de julho a I Copa Oestana de FUTSAL, no período de 17 a 23 de julho, dentro da agenda da Festa de Santana. Com mais de 10 equipes com presenças já confirmadas, a coordenação do evento tem a expectativa de envolver 20 municípios da região. A premiação total das equipes somam R$ 3,5 mil, sendo troféus, medalhas e R$ 1 mil para o primeiro lugar. Para as equipes interessadas, as inscrições estão abertas e podem ser feitas com Diogo Almeida, Leci Flávio, Arnaldo Bezerra, Caramurú Paiva, Lilia Holanda ou José Estácio. O telefone para contato é o 3362.2901 e os e-mail são os vice-prefeito@campogrande.rn.gov.br , desenvolvimento@campogrande.rn.gov.br , lilia_holanda@hotmail.com e leciflavio@hotmail.com

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Minha Mãe



* Simone

Uma homenagem toda especial à minha querida Mãe, D. Arlete, pelo seu aniversário. Toda felicidade para a mulher mais importante para mim. Para ela que é fã de Roberto Carlos, eu não poderia deixar de demontrar o meu amor com um trecho de uma de suas músicas, que diz: "como é grande o meu amor por você..." Feliz Aniversário!

Não conhecemos as pessoas pelos seus discursos, mas por suas práticas

* Simone Cabral

Não conheci pessoalmente o Beto, mas conheço Fernanda, quem foi companheira. Os depoimentos que me antecederam, Kércio e Caramurú, retrataram muito bem o exemplo de vida que foi este jovem, de responsabilidades e atitudes de um homem adulto preocupado em melhorar e transformar a sua realidade, seja pelo trabalho, seja pelo estudo. Tenho acreditado que não conhecemos as pessoas pelos seus discursos, mas por suas práticas.
Não há muito o que dizer nesses momentos, são difíceis, dolorosos e inconsoláveis. Mas, espero imensamente que sua família e todos que o amavam possam superar esse momento e reencontrar um novo sentido em sua vidas com fé e esperança, sem, jamais, esquecer a existência que tiveram com ele.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

BETO um exemplo de VIDA


*Kercio Henrique

Meus amigos, hoje venho aqui deixar minha homenagem a meu amigo Beto um cara que conheci e logo aprendi a admirar aquele seu jeito sociável que vai ficar gravado em minha vida. Ontem julgo como um dos acontecimentos mais difíceis da minha vida, o de dar o meu último adeus tão cedo a um grande homem como foi este.
Durante estes últimos dias tem vindo a minha mente um filme com imagens insiste em passar, e nelas me deparo com situações e cenas que muito me intristecem porém me dão a certeza de que Deus vai recompensar esse grande amigo que logo nos deixou. Um sorriso sempre constante que tanto nos fez bem e que hoje nos deixa um vazio de um espaço que jamais será substituído. Nas noites que voltava da cidade para o campo com ele ficaram marcas que jamais serão apagas enquanto meus pés trilharem aquelas terras, e meus olhos corram por aquele colchete que abria e desejava boa noite.
Agradeço todos os dias ao meu Deus por ter me concedido a benção de conhecer Beto e peço muita força para a sua família, vai ser muito difícil daqui para a frente viver sem esse ser Humano tão especial.

“Porque, se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente também o seremos na semelhança da sua ressurreição;
Sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado fosse desfeito, a fim de não servirmos mais ao pecado.” Romanos 6: 5-6

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Beto, Letícia e Zuleide. Na foto que fizemos durante a visita a fábrica, 07/06

Beto, um homem simples e importante
* Caramurú

Hoje certamente foi um dia que mobilizou toda Campo Grande. A igreja cheia e a população sentida acompanhando o sepultamento era uma forma de dividir a dor de Fernanda, Letícia, Léo, Sr. Benone, D. Antonia, Neto, Cleoneide e todos os parentes de Beto. Um homem do campo, simples, trabalhador, prestativo, bondoso e um grande sonhador. Apenas 34 anos e uma inexplicável partida.

Conheço Beto desde os tempos de infância, mas certamente o nosso reencontro depois de adultos teve histórias que nos aproximaram muito e fizeram marcas indeléveis nas nossas vidas. Foram acontecimentos profissionais e pessoais definitivamente fortes que nos uniram e integraram nossas famílias de modo a expressar-se em alguns fatos e conquistas pelas quais relatarei a seguir.

Como todo nordestino Beto partiu para São Paulo carregando o sonho de melhorar de vida e construir conforto para o pai e a mãe. Depois da tentativa de uma década, Beto voltou a Campo Grande com algo muito mais valioso. Não trouxe fortuna monetária, mas veio com uma esposa maravilhosa/companheira/leal, dois filhos e o coração inundado da certeza que não existe lugar no mundo melhor para viver e construir felicidade do que a sua terra.

Retomou os estudos e entrou na Associação Comunitária da UNIFAG na certeza que ‘é impossível ser feliz sozinho’ e começou trabalhar e conquistar dezenas de projetos em comunidade, a benefício de todas as famílias do Campo de Aviação. Um belo dia soube da criação de galinha caipira iniciada por Beto de Benone. Fui visitar e me deparei com as idéias diferenciadas daquele sonhador. Ele estava fazendo o manejo reprodutivo e alimentar certinho. Perguntei de onde tinha adquirido tal conhecimento sobre aves. Ele me respondeu que havia lido num livro da “Arca das Letras” existente na associação.

Fiquei encantado com a atitude do agricultor/leitor. No mesmo dia ele me mostrou a produção de produtos de limpeza, elaborada na cozinha da sua casa. O preparo era feito com muito sacrifício, pois os filhos tinham de sair e ele ficava manipulando juntamente com Fernanda. No entanto, as vendas domiciliares e no comércio local iam muito bem. E eu perplexo com a criatividade e determinação de Beto disse que conhecia uma forma de buscarmos recursos para fazer uma mini-fábrica segura, ao lado da sua residência. Ele agarrou a idéia e começamos 3 ou 4 anos de luta.

Neste intervalo, a minha filha Açucena (04 anos) ganhou tamanha afeição por Letícia, filha de Beto, que vez e outra pedia para ir passar uma tarde na residência da amiguinha. Quando a gente pede a ela para listar suas melhores amigas, Açucena diz 3 ou 4. E sempre diz “Letícia”. Em 2008 e agora Beto e Fernanda se inscreveram no projeto de preparação para o vestibular e tivemos contatos ainda mais estreitos. Nos últimos anos já nos encontrávamos periodicamente nas reuniões mensais da sua associação.

Então, veio à liberação dos recursos pelo Governo Federal e a parceria com a prefeitura e o Sertão Verde que viabilizou a construção do seu sonho da Fábrica de Produtos de Limpeza. O prédio tinha sido erguido pela equipe do Charapa com ‘o dedo’ de Beto pelo meio. Combinamos uma visita para ver o resultado de quase 04 anos de esforço e esperança. E exatamente no último dia 07, Beto, eu, Letícia e Zuleide estávamos contemplando a obra num domingo de manhã, 8 horas. Ele estava feliz da vida e me mostrou tudo, disse da estratégia comercial, falou da necessidade de adquirir um reboque para o seu carro, apresentou as adaptações idealizadas e combinamos a inauguração para festa de Santana. Na tarde, desse dia veio o acidente.

Confesso do fundo do meu pouco conhecimento cristão e profunda fé em Deus que não compreendo porque uma pessoa tão boa é tirada tão jovem da nossa companhia. Por isso mesmo venho neste momento partilhar da dor da família e pedir a homens e mulheres mais sábios a devida explicação para momentos tão sofridos como este porque não sai da minha cabeça a frase da bondosa esposa Fernanda: “- Meu Deus, que pecado estou pagando para passar por tanta dor e provação ?”.

Só me consolo na certeza que não existe outro lugar para Beto senão ao lado de nosso senhor. Amém.

HOMENAGEM DE OSINEIDE OLIVEIRA A BETO


"É, vai ser ruim conviver com a sua ausência, vai ser triste sim, sem você aqui para alegrar os nossos dias... Quando alguém que a gente gosta e admira, vai embora, é como se um pedaço nosso, fosse junto também. Principalmente assim, como está sendo a sua partida, pois você conquistou muitas pessoas que como eu, com certeza estão tristes por sua ida. Dizem que nada como um dia atrás do outro, mas não vai ser fácil esquecer um amigo tão especial como você, afinal você era mais que amigo, era como um irmão. Nunca esquecerei os momentos que passamos juntos... Você estará eternamente em meu coração!".

Osineide Oliveira, ex colega de turma de segundo grau e de curso pré-vestibular

HOMENAGENS AO GRANDE AMIGO BETO DE BENONE

Beto na confraternização da turma concluinte do 2º grau, em dez/08

Beto de Benone e colegas de turma na Semana Cultural da Escola Adrião Melo, em 2008.


FOTOS HOMENAGENS AO AMIGO BETO DE BENONE

Fábrica de Produtos de Limpeza: Último sonho realizado por Beto

Tanque de produção adpatada pela 'engenharia' de Beto


Letícia, uma das paixões de Beto


VII FESTUERN ABRE PERÍODO DE INSCRIÇÃO DE PROJETOS*

Teatro Municipal Dix-huit Rosado (Mossoró-RN)


A coordenação do sétimo Festival de Teatro da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - VII FESTUERN - informa que está aberto o período de inscrições de projetos. O prazo se estende de 15 a 30 de junho. A temática deste ano será "Arte e educação: em busca de uma cidadania para paz". A arte homenageada será o Mamulengo.

O VII FESTUERN se constitui em três fases: Pré-festival, Festival e Pós-festival. A primeira corresponde à capacitação e à concepção dos espetáculos; a segunda será a mostra dos espetáculos de grupos de teatro escolar e grupos universitários de dança, música e teatro; e a terceira fase será a avaliação.

O festival é dividido em duas modalidades: a modalidade escolar, destinada aos grupos de teatro oriundos de escolas estaduais e municipais da rede pública de ensino; a modalidade universitária, destinado aos grupos de dança, música e teatro advindos de Instituições de Ensino Superior do Estado do Rio Grande do Norte.

O VII FESTUERN tem como objetivo geral promover, difundir e divulgar as manifestações artístico-culturais como bens sociais indispensáveis à formação integral da pessoa humana a partir da valorização da escola e da universidade como espaços de produção de cultura e de conhecimentos.

As inscrições dos projetos serão realizadas gratuitamente, a partir do preenchimento da ficha de inscrição específica de cada modalidade e de sua entrega (pessoalmente, pelos Correios ou FAX) através do endereço:
Coordenação Geral do VII FESTUERN, - PROEX, Campus Universitário da UERN - BR 110, KM 46, Rua Prof. Antônio Campos, S/N, Bairro Costa e Silva - Mossoró/RN - CEP: 59633-010; e no FAX: (84) 3315-2182.

Os ensaios gerais dos grupos selecionados acontecerão no turno matutino no mesmo dia da sua apresentação oficial no Teatro Municipal Dix-Huit Rosado. O cronograma, constando data e horário das apresentações oficiais dos espetáculos, será definido pela Comissão Coordenadora até 10 de agosto de 2009.


*Fonte: Clipping de notícias/UERN

*Postado por Simone Cabral

terça-feira, 16 de junho de 2009


Treinador Flávio Bezerra relaciona atletas e começa preparação para a I Copa Oestana de FUTSAL
* Caramurú

A coordenação do maior evento esportivo do interior do Estado já escolheu a comissão técnica com Flávio Bezerra (segundo na foto) como treinador e Roberto de Nazareno na condição de auxiliar técnico. A equipe contará com a colaboração de Sarah Muñoz como pscicóloga, Ceiça Araújo an preparação física e Lobão na coordenação de apoio. "Queremos fazer uma equipe preparada para disputar o título", declarou o coordenador de esportes Zé Estácio.

O treinador Flávio Bezerra não contou tempo e já iniciou os treinamentos com os seus selecionados. Leiam abaixo os craques que vão representar Campo Grande neste regional:

1. Hilton
2. Pepé
3. Rafael Almeida
4. Chinês
5. Naldinho
6. Melzinho
7. Biu
8. Bilu
9. Sérgio Peão
10. Yuri
11. Evandro
12. Nenén Góes
13. Pedro
14. Farofinha Campo Grande
15. Alexandre
16. Chagas
17. Mateus
18. Biogo
19. Júlio César
Equipes vizinhas confirmam presença na I Copa Oestana de FUTSAL
* Caramurú

Mesmo antes da abertura das inscrições, a movimentação das cidades vizinhas dão conta que a organização do maior evento esportivo do interior do Estado irá alcançar a meta de 20 cidades participantes. Por enquanto, Paraú, Triunfo Potiguar, Janduís, Messias Targino e Upanema já confirmaram presenças. De acordo com o coordenador municipal de esportes, José Estácio de Mendonça (foto), as organizações começarão as inscreverem seus times a partir da próxima semana.

Principais parceiros da I Copa Oestana de FUTSAL. BB está com apoio confirmado
* Caramurú

O maior evento do esporte amador do interior do Estado será uma realização da Prefeitura de Campo Grande que contará com muitos apoios onde estão sendo fechados os entendimentos. Mas estão confirmadas as parcerias Banco do Brasil S.A. - agência Campo Grande que tem como gerente e incentivador o bancário Júlio Celso (foto). A FULL Gráfica assumiu o compromisso com a publicidade e a INFOCG dará a premiação do artilheiro.
PEC que inclui o bioma caatinga na Constituição Federal se arrasta há 15 anos
* Caramurú

Encontra-se tramitando a Emenda Constituicional 115/95 cuja finalidade é reconhecer dois importantes biomas brasileiros e protegê-los pela Lei Federal. O mais relacionado com nossa região é a caatinga, diz respeito a quase região do semi-árido nordestino cuja extensão supera uma faixa de mais de 900.000 km2. A proposta enfrenta a resistência da chamada bancada ruralista, formada por grandes fazendeiros que exploram partes destas áreas, desmantando-as para implantarem monocultivos. Para cobrar agilidade do Congresso Nacional, a população pode ligar gratuitamente para o número 0800619619.
Antonio Thomaz coloca medalha em Zé Pedro observado pelo histórico Maciel

Foto histórico - A diplomacia de 2 cavaleiros cavalheiros
* Caramurú

A foto de hoje se remete a 2002 e o campeonato das comunidades rurais, organizado pelo amigo Wellington Teixeira. A partida era o grande encontro de Bom Jesus e Pitombeira. O gesto inusitado que foi fotografado é o exato momento da troca de medalhas entre os agricultores Antonio Thomaz e Zé Pedro, dois típicos homens da roça reclusos a vida do plantio de vazantes e criação de gado. Sr. Zé é pai de 17 filhos e de quase todo time do Bom Jesus. Sr. Antonio é quase a mesma coisa na Pitombeira. Surpreendentemente, o espírito esportivo uniu num gesto bonito de cortesias através dos presentes recíprocos das medalhas e coroou a beleza do futebol amador local naquela iniciativa que integrou toda a zona rural campograndense.

Terminam hoje as inscrições para os cursos de especialização do IFRN
* Caramurú
O companheiro Marcos Roberto (foto), ex Secretário de Educação e atual Coordenador da UAB em Caraúbas, nos remeteu mensagem sobre a finalização do prazo para os interessados nos cursos de especialização do Instituto Federal do Rio Grande do Norte e da Universidade Aberta do Brasil. De acordo com o site oficial do IFRN as vagas são destinadas aos Cursos Superiores de Pós-Graduação Lato Sensu em nível de Especialização, com ingresso no segundo semestre letivo de 2009, no Campus Natal-Central, na modalidade presencial, e nos Pólos de Apoio Presencial da Universidade Aberta do Brasil (UAB), na modalidade à distância.

O site do IFRN informa ainda que as inscrições serão feitas online, de 09 a 16 de junho, no curso presencial de Gestão ambiental e pela UAB os cursos Educação ambiental e geografia do semi-árido, Literatura e ensino e Português e matemática numa perspectiva transdisciplinar. Ao todo são oferecidas 786 vagas nos seis pólos: Grossos, Caraúbas, Lajes, Marcelino Vieira, Natal e Parnamirim.
Para formalizar a inscrição é preciso, de 18 a 23 de junho, apresentar diploma de curso superior em Letras (ou áreas afins) para a especialização Literatura e Ensino e o diploma de Letras ou Matemática, para o curso de Especialização em Língua Portuguesa e Matemática numa Perspectiva Transdisciplinar. Para os cursos Gestão Ambiental ou Educação Ambiental e Geografia do Semi-Árido podem ser apresentados diplomas de qualquer área de conhecimento.
Para a modalidade à distância é preciso apresentar também declaração de que está atuando na educação básica como professor ou pedagogo, emitida pela Secretaria de Educação do Município ou do Estado.

Vote não a redução da maioridade penal
* Caramurú

Recebi um e-mail da companheira Inês Helena (de chapéu na foto) demonstrando preocupação com o resultado da enquete promovida pelo site do SENADO sobre a questão da redução da maioridade penal. Concordo com ela que trata-se de mais uma manobra para aprovação da proposta, produzindo "verdades" e querendo legislar a partir delas. Assim, conclamo a mobilização para entrar lá e votar. Não é possível que a gente amplie a triste situação de sermos um dos países que mais mata adolescentes e jovens ainda pode piorar, se em vez dos devidos direitos eles forem trancados em jaulas.

Portanto, entrem e votem!!! A votação está no canto inferior direito da página do Senado! Divulgue e votem!!! http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0 . Infelizmente até o momento, a posição pela qual os defensores e defensoras de direitos humanos lutam está perdendo, vejam o resultado parcial: 47,12 % concordam com a redução para menos de 16 anos; 31,58 % concordam com a redução para 16 anos e apenas 21,28% não concordam com a redução.