O que está procurando?

quarta-feira, 31 de março de 2010

Dra. Simone Cabral (UERN e NS) e Dra. Ana Morais (UERN)

RN representará Brasil no Encontro da Itália sobre Direitos Humanos
* Caramurú

A cidade de Florença, na região de Toscana, na Itália, será sede do Encontro Latino-americano Criança e Adolescente e Direitos Humanos. O evento será realizado no mês de abril e contará com representações de todos os países das Américas do Sul e Central e organizações italianas.

A representação brasileira é potiguar e tem um pé no Blog Notícias do Sertão. Apenas duas pessoas estarão falando pelo Brasil, dentre elas a companheira Dra. Simone Cabral, professora da UERN e colaboradora do nosso espaço na internet. A outra é a Dra. Ana Morais, ex pro reitora de extensão da mesma universidade.
Para completar nossa motivação a dupla levará duas experiências desenvolvidas no município de CG.

Cursinho e formação cidadã de jovens de CG serão expostos na Itália
* Caramurú

Os projetos de Formação Profissional e Cidadã e o Cursinho Abrindo Caminhos, ambos realizados em Campo Grande, foram escolhidos pelas representantes brasileiras para exposição e troca de experiência no Encontro Internacional de Direitos Humanos. O primeiro projeto aconteceu no ano 2007 quando através de uma parceria entre UERN, Projeto Dom Heldér Câmara/SDT/MDA-FIDA/ONU e o Núcleo Sertão Verde que trabalhou na formação de novas lideranças comunitárias, envolvendo cerca de 60 jovens.

O segundo caso foi um desdobramento do primeiro e ficou ainda mais conhecido quando ampliou o acesso da juventude municipal ao ensino superior. Neste caso a parceria estabeleceu-se entre a UERN, Prefeitura Municipal de Campo Grande pelo prefeito municipal, Núcleo Sertão Verde, Escola Ieda Medeiros, Escola Joaquim Leal Pimenta, Coordenações de Cultura e Esporte, mandato de vice prefeito, Núcleo Sertão Verde, prefeituras de Triunfo e Janduís, vereadores Vagner e Arnaldo, e professores colaboradores voluntários. Depois de 02 anos o Cursinho Abrindo Caminhos oportunizou mais de 300 jovens e promoveu acesso ao ensino superior para cerca de 50.

O Encontro Latino-americano sobre Criança e Adolescente e Direitos Humanos que será promovido em Florença pelo Governo de Toscana, Itália, será um fórum para o debate e a troca de experiência entre os países das Américas do Sul e Central e a Comunidade Européia representada pela Itália no que concerne aos bons projetos na formação de um futuro seguro para nossa juventude. A apresentação das duas experiências desenvolvidas em Campo Grande nos orgulha e abre oportunidades para a realização de intercâmbios com trabalhos similares que estão em curso na América e Europa.

CEDRUS confirma projetos do Territóro Sertão do Apodi
* Caramurú

Nesta terça-feira participei da reunião do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural - CEDRUS para aprovação dos projetos territoriais apoiados pelo PRONAF infra-estrutura 2010. No território Sertão do Apodi havia sido aprovado e foi confirmado R$ 800 mil para fortalecimento das cadeias produtivas de apicultura e bovinocultura leiteira.

No município de Campo Grande teve a definição de construção de um Centro de Comercialização de Animais no valor de R$ 120.000,00 em convênio a ser celebrado com a Prefeitura Municipal. Upanema, Paraú, Patu, Olho Dagua do Borges e Governador Dix-sept Rosado terão a aquisição de estruturas de tanques de resfriamento de leite. A cidade de Apodi terá um aporte financeiro para conclusão das obras do Entreposto de Mel e as cooperativas COOPAPI, COOAFAP e CREDI OESTE SOL terão apoio no fortalecimento institucional.

( Imagem ilustrativa de http://www.alagoas24horas.com.br/ )

"José Agripino está com medo do Presidente Lula"

Wilma de Faria, ex governadora do RN, comentando os repentinos elogios do senador do DEM ao presidente petista.

(Imagem ilustrativa retirada de http://www.wsantacruz.blogspot.com/)

A velha amiga Novinha
* Caramurú

O orkut tem sido uma ferramenta essencial na minha rotina de internet. Por muito tempo repudiei a irresponsabilidade e covardia do fofoca e como desdobramento custei a gostar do recurso virtual.

Atualmente me permitiu reencontrar velhos amigos e velhas amigas da infância na Rua Joaquim Leal. Uma das melhores delas foi Novinha de Rita de Nelson Cajueiro. Hoje como aniversário dela eu quero desejar meus parabéns relembrando e tendo a certeza que a infância de brincadeiras de rodas inocentes nos deixaram marcas profundas de um tempo de felicidades.

Velha amiga Novinha, você e toda sua família, aceite meus sinceros votos de um aniversário repleto de energia positiva para tocar a dureza da vida que somente pode ser enfrentada com a alegria daqueles que tiveram uma infância pobre, mas divertida como as nossas.

Agricultores/as de CG são bons pagadores
* Caramurú

Recebi a lista da Secretaria Estadual de Agricultura contendo o rol dos municípios impedidos de celebrarem novos contratos com o BNB porque mais de 20% dos contratos do PRONAF estão inadimplentes. Dos 17 municípios do Território Sertão do Apodi, apenas CG e mais 2 estão fora.

Atribuo o fato, entre outras razões, a forte organização associativa do município, o bom papel do Fórum de Associações, a organização do Conselho Municipal do FUMAC, o apoio técnico do Núcleo Sertão Verde e a orientação que o agente financeiro tem feito através da equipe do Gerente Lívio de Assu.

Lembrei da velha música "obrigado ao homem do campo".

Na casa de Lico de Brasília
* Caramurú

Mais uma vez estive com o conterrâneo Lico, antigo morador do Sítio Pimenta que há mais de 20 anos vive na capital federal. Tivemos uma curta conversa mais muito descontraída onde o tema predominante foi a infância na terrinha. Hoje bem estabelecido na CNA, o amigo pensa na volta a CG somente para matar saudades, mas a moradia está resolvida por lá.

Ao final da visita ficou o compromisso feito para ele e sua família (foto) virem a CG no período da Festa de Santana e garantir um almoço na minha casa num cardápio que não faltará uma boa galinha caipira e 1 litro de 51 ... de entrada.

Sábado da Aleluia em CG



Jesus diminui os pecados de Pedro
* Caramurú

Diante da dedicação de Pedro Miau, Coordenador Municipal de Cultura, para fazer acontecer a Paixão de Cristo, ainda lhe coube de última hora o acréscimo da tarefa de substituir o ator que faria o papel de Jesus Cristo, desistente na reta final. Evidente que o bom Pedro não fugiu a luta e aceitou o desafio, redobrando a missão gigantesca. Os aplausos da comunidade será a retribuição pelo tremendo esforço.

Campograndense realizado...
* Caramurú

... Para mim, o conterrâneo ou a conterrânea feliz, pelo menos 1 vez na vida, já fez a trilha da Serra do Cuó, tomou banho no rio de 'barreira a barreira' ou passou uma Festa de Santana na terrinha.
E prá você o que é felicidade em CG ?

Cara Carol
* Caramurú

Muito prazer, Carol Medeiros. Passei uns dias para publicar seus comentários no intuito de averiguar a veracidade da postagem. Bem sabe que não costumo publicar matérias de anônimos porque consideramos as matérias assinadas como muito mais educativas, francas e construtivas para o debate acerca dos temas da atualidade e em especial àqueles afetos aos destinos da querida Campo Grande.

Sabedor pelo amigo Micivan que você é irmã de Neto de Zé de Natanael, resolvi abrir todas as portas desta casa virtual. Quero afirmar que considrei os seus comentários inteligentes e enriquecedores deste espaço interessado no fortalecimento da democracia para o trato da realidade campograndense e a construção da igualdade social no mundo.

Dentre as considerações, você fez uma indagação sobre a ausência de uma figura ilustríssima e merecedora de constar no rol das 100 maiores de CG, o seu avô Sr. Zé de Natanael. Aliás, outras contribuições importantes haviam sido feitas por capacidades como Luiz Guilherme.

Acontece que temos um número inferior a 100 pessoas que são unanimidades como personalidades da história do nosso município. Daí por diante todas as listas que alguém tentar fazer serão objetos de especulações, aliás muito bem fundadas. Assumi a responsabilidade pela escolha de uma comissão de gabarito que convoquei para construir a relação do nosso blog.

Considero ter alcançado meu objetivo inicial de fazer o povo olhar para nossa memória. A prova está dada nas dezenas de comentários no meu e em blog qualificados como o CG NEWS , CG Curtição, Transformação, Encontro com a Notícia e outros. A disputa final está chegando em 2.000 participantes há 2 dias do encerramento. Como autoridade municipal fiz minha parte e continuarei fazendo.

Espero contar com outras adesões de nossa sociedade para permanecer e fortalecer a busca pelo devido reconhecimento dos filhos e filhas, mais ou menos ilustres, que amaram nossa terra e a ela dedicaram a vida.

Concluo, buscando referência no historiador Saul Estevam para defender os nomes de Valdeci das Coxinhas e Francisca Aleijada. Dois nomes que em face da humildade geralmente a história tradicional os relega ao esquecimento. Segundo Saul, a moderna leitura histórica leva em conta a identificação do povo com estas personagens, figuras populares com comportamentos marcantes que a memória popular não esquece.

Geralmente para os que são elites ninguém pergunta o por quê de está na lista ! É interessante, não ?


O dia de Irleth Wanderley, a cunhada do futuro presidente
* Caramurú

Cumprimento especial para a companheira Irleth pela passagem de seu aniversário. A moça é cunhada de Toinho do Morcego, futuro presidente da colônia de pescadores.

O vereador João Piscó chega junto da cultura
* Caramurú

Seguindo os exemplos de Arnaldo e Vagner, o vereador João Piscó é outro que passou a colaborar com a montagem da peça Paixão de Cristo cuja encenação será apresentada pelo quarto ano seguido, através do Grupo Transformação e mais de 50 jovens que no lugar de estarem bebendo vinho na via costeira estão remontando a mais importante história do cristianismo.
Sei que o comentário causará os corriqueiros ciúmes mas não posso deixar de elogiar o comportamento do trio, dentre uma bancada de 09 parlamentares. Quem achar cultura importante faça o mesmo que eles.

Robertinha Kelly comenta a BR 110:

"Olá amigo Caramurú, fiquei muito feliz ao ver matéria no JORNAL DE FATO deste domingo (28/03) quando anunciava o lançamento do edital do DNIT sobre a BR - 110 na próxima segunda-feira, pois sei que é um sonho dos moradores de Campo Grande e Upanema. Ficamos na torcida para que de fato esse sonho se concretize. Abraços"!

Roberta Kelly, do Blog Nº 01 de Felipe Guerra/RN = > 100.000 acessos

segunda-feira, 29 de março de 2010

Entrevista: Hugo Manso, Delegado Federal do MDA no RN


O nosso entrevistado da vez é o Delegado Federal do MDA e professor licenciado do IF RN, Hugo Manso Júnior, que deverá entregar o cargo de delegado nesta semana para concorrer à segunda vaga de Senador na coligação que o PT participará em 2010. Numa entrevista reveladora, o ex vereador de Natal opinou sobre o cenário político estadual e se disse disposto a disputar novamente o Senado, repetindo 2002 quando obteve mais de 200.000 votos. O dirigente petista ainda relembrou momentos da militância política e a Caravana da Cidadania quando acompanhou Lula na passagem pelo Rio Grande do Norte. Vale a pena ler:




NS: Inez Helena tem um bilhete seu de mais de 20 anos onde você pergunta sobre o início do PT em Campo Grande. Que lembranças ainda guarda da Campo Grande dos anos 80 ?


HM: Logo após ter concluido meu curso de Engenharia Mecânica em Natal, já militante do PT, fui trabalhar na insdustria de beneficiamento de Sal em Mossoró. Estavamos em 1985, pós campanha das diretas já. Em Mossoró conheci fiz amizade com o bancário Djalma Oliveira com quem já tinha contatos da epoca do movimento estudantil. Através dele conheci a tambem bancaria do BB Inez Helena.


Fiz minha primeira viagem para "Augusto Severo" no carro dela, um Voyage cinza, quando a estrada de Caraubas - Campo Grande estava sendo asfaltada.Este bilhete deve ser de 85 ou 86 quando fui candidato a deputado estadual pelo PT, fazando campanha em Upanema e em "Augusto Severo", com apoio de Inez, Socorro Oliveira (duas importantes militantes da Igreja catolica, da "turma do Padre Pedro"...)


Neste periodo Campo Grande era denominada "Augusto Severo" e tinha no trabalho do Padre Pedro uma referencia para nós jovens militantes petistas. Lembro bem da etrada de barro ligando a Upanema que somente agora deverá ser asfaltada, pelo Governo Federal (BR 110).


Não tenho de memoria os números finais da campanha de 1986, mas seguramente fui votado por filhos e filhas de Campo Grande. Em 1988 lançamos Inez Helena candidata a prefeita. Fizemos uma bela campanha para Lula em 89 e novamente fui candadato a deputado estadual em 1990. Nesta oportunidade tive o prazer de conatar com a militancia de Ronaldo Valença me levando as comunidades. Lembro bem de cabeça de boi...


Esta foi uma grande campanha do PT no RN com Salomão Gurgel como candidato a governador. Elegemos Junior Souto como deputado estadual e ficamos eu e Crispiniano Neto na suplência.


NS: Ainda de passado. Na Caravana da Cidadania que Lula fez pelo Brasil você o acompanhou no roteiro potiguar. Isto foi antes da eleição dele para Presidente. Qual a conversa mais marcante nesta viagem ?


HM: Estavamos em Abril de 1994, após o Fora Collor, Lula favorito para a disputa presidencial...A Caravana da Cidadania era uma viagem de 10 a 15 dias que Lula fazia de onibus. Nossa etapa começou em PE, passou pela PB echegou ao RN pela BR 101. Fomos receber a caavana em canguaretama, na divisa com a PB. O pessoal do PT da PB saiu do onibus e entramos nós do RN. Lá estavam Lula, Marisa, Vicentinho e outros. Ficamos três dias passando pelo Agreste, Currais Novos, Mossoró, Vale do Açu, Macau, João Camara e encerrando em Natal.


Um grande momento: Saimos de Açu já anoitecendo, com destino a Macau aonde teriamos comicio. Em Ipanguassu barricada na estrada para falar com Lula. Ele desce, reclama da coordenação local. No Alto do Rodrigues nova barricada. Tome "bronca" dele. Pô Manso, voces organizam estas barricadas e depois dizem que não sab em de nada. Vá lá fora e diga que não vou descer. (Colocou o chapeu no rosto e ficou cochilando...)
Ora, o pessoal não aceitava a idéia de o onibus passar sem uma paradinha... depois de muita negociação voltei ao onibus e tive que "acordar" o homem. Ai ele desceu chateado, e eu preocupado. Ora, a chateação foi até a porta do Onibus. Na rua abraços, fotos e sorrisos. Uma simpatia. Quando voltamos ao onibus ele olhou para mim e perguntou : aonde é a proxima parada.





NS: Vamos de Governo Lula. De repente, depois de um mandato como vereador em Natal, você foi convidado para representar o MDA no RN. Dá prá fazer um balanço do Governo Lula para o povo potiguar ?
HM: Uma grande vitória. Um verdadeiro sucesso. Ações estruturantes na economia, na cultura, na educação, na agricultura familiar e principalmente nas relações democraticas do país.
O MDA constituiu-se como um Ministério de muita ação, somos ofertantes de politicas poblicas. O luz para todos é fantastico. A expansão da rede federal de escolas tecnicas (antigos cefets, hoje institutos federais) é extraordinário. Não podemos permitir um retorno as politicas neoliberais de privatizações e descaso com as coisas do povo que tivemos no passado.
Gostaria de convidar seus leitores para conhecer o Instituto Federal de Ipanguassu, a Central de Comercialização da Agricultura Familiar em Natal (cruzamento da Av Cap. Mor Gouveia com Jaguarari - proximo ao Machadão), a unidade de processamento de pescado em Caraubas (na saída para Governador) e o Territorio Digital com Cine Mais Cultura na comunidade do Bom Jesus ai em Campo Grande e as obras d a UFERSA em Angicos para dar uma idéia desta ações. Tem ainda a ponte Forte - Redinha em Natal e a duplicação da BR 101 ligando Natal a PB e o reconhecimento de comunidades quilombolas, como Jatobá em Patu e os assentamentos como o Ronaldo Valença ai em Campo Grande. E as casas do "Minha casa minha vida" e a energia do Luz para Todos. Muita coisa...
NS: Há uns 10 anos você surpreendeu a todos quando tirou mais de 200.000 votos para Senador. Agora levantam seu nome como uma candidatura do PT para o Senado. Você topará renovar o desafio ?
HM: Topo. Agora estamos esperando as definições partidárias, o encontro estadual marcado para 10 de abril e o posicionamento dos partidos aliados. Em 2002 disputei contra Garibaldi, Jose Agripino e Geraldo Melo. Fizemos 218 mil votos. Agora vamos dizer aos eleitores do RN o que Garibaldi e Agripino fizeram em 08 anos de senado e como atrapalharam o governo Lula.
NS: De maneira surpreende lideranças importantes de outras tendências internas do PT, como Pôla e Raimundo Canuto, já saíram em defesa da sua candidatura ao senado. Isto significa que o partido está unido em torno do seu nome ?
HM: Estamos construindo esta unidade em torno não do meu nome, mas de um projeto para o PT do RN.


NS: Como você avalia o crescimento fantástico da ministra Dilma já empatando com Zé Serra ?
HM: Reflexo das politicas do governo federal. REFLEXO DA NOSSA MILITANCIA COLETIVA. É o grande saldo do trabalho de milhares de pessoas como voce na condição de coordenador do PDHC aqui no RN e agora com vice prefeito de Campo Grande. É o resultado da memoria do nosso povo com o trabalho incasável de Padre Pedro e de Ronaldo Valença, noutros momentos.
Dilma não é apenas um grande gerente do Governo. É uma militante desde sua juventude, quando foi presa pela ditadura militar, depois atuando no PDT do RS e posteriromente no PT e nos governos do RS e do Brasil.Vamos vencer as eleições com Dilma, com os militantes e com a nossa história.
NS: Na sua concepção Ciro manterá a candidatura ?
HM: Não.
NS: Qual o clima da disputa potiguar em 2010. Polariza Iberê x Rosalba ou Carlos Eduardo pode surpreender ?
HM: Ainda não podemos afirmar qual será o cenário real aqui no RN. O PMDB ainda está em duvidas, o Iberê ainda não tomou posse no governo (deverá fazê-lo dia 31 de março) e Carlos Eduardo ainda não apresentou suas teses para o governo. Seguramente o que não vai acontecer é Rosalba ficar sozinha fazendo campanha, como foi até agora.
NS: Como você imagina o desempenho eleitoral do PT potiguar ?
HM: Acredito que vamos renovar o mandato da Deputada Fátima Bezerra, com grande votação. Vamos ampliar a presença na Assembleia (hoje temos apenas Mineiro como deputado estadual) e acredito numa bela e grande campanha para o Senado. Vamos a luta.












Alcivan Viana assume a interinidade em Caraúbas demonstrando firmeza na aliança
* Caramurú

Na última semana, o vice prefeito de Caraúbas, sindicalista Alcivan Viana, assumiu o cargo de prefeito enquanto o titular, Ademar Ferreira cumpria agenda fora do município. O gesto joga um balde de água fria nas pretensões da oposição que imaginavam ver prefeito e vice separados em 2010. O prefeito Ademar é do PSB e o vice Alcivan é peemedebista da ala de Henrique Alves. Melhor dizendo, tudo em casa.


"É como se, num jogo, a torcida adversária estivesse num clima de festejo e a nossa de moral baixo, deixando o estádio antes de o jogo terminar”.

Tasso Jereissati, Senador do PSDB, descrevendo o entusiasmo dos simpatizantes de Dilma e a tristeza do sentimento da militância de seu partido.

Ray Lima fará lançamento de livro de poesias
* Caramurú

Em Brasília pude rever o amigo Ray Lima (de vermelho), professor de teatro de rua da minha geração nos tempos de Escambo e revolução janduiense. Estrela internacional nos dias atuais. Combinamos da sua vinda em maio para lançamento do excelente Lâminas, recente livro de poesia da mais alta qualidade. Junto com ele virá ainda o grande Júnio Santos (agachado de barba branca) que também está na foto tirada na capital federal.

Querida Julinha
* Caramurú

Ontem foi o aniversário de Julinha Azevedo, ex Secretária de Saúde de CG. Antes de tudo ela desmistifica a caricatura de sogra porque é uma quase mãe para mim. Segundo tenho o prazer de afirmar que ela é uma das pessoas mais queridas do município. Digo isto porque ando pelos quatro cantos desta terra e recebo permanentes convites para almoçar na casa de um e outro conterrâneo, mas sempre recomendado de 'trazer sua sogra, Julinha. Adoro ela'. Portanto, a oportunidade me permite repetir o carinho da população e convidá-la para comer a galinha caipira que a espera na casa de Eliane de Galego de Zé de Vigário, sob uma condição de só virar almoço no dia que eu levar Julinha na agrovila Tanques. Vamos lá ?

Poeta Edgar Abençoado recita poesia no encerramento de evento em Brasília. Leia:

Bom dia companheiros
Bom dia companheiras
Homens e mulheres de luta
Com esses não tem besteira
Vindos de todas as partes
Representando a nação brasileira

Brasil que em cultura
De um povo amável e gentil
De artistas como Ray Lima
Grupo Cervantes do Brasil

Junio Santos o artista
Do grupo pintor melodia
Sem esquecer o Pereira
O cantor da alegria

Hoje estamos em Brasília
A capital federal
Viemos discutir políticas
E criar a rede nacional
Formada pelos territórios
Da esfera estadual

Houve muitas palestras
Debates e discussão
O povo todo empenhado
Cada um com sua opinião
Mas todos com o propósito
De desenvolver esta nação

A Paraíba e o Pernambuco
Sergipe, Alagoas e Ceará
Bahia, Maranhão e Piauí
Aqui também está
E o Rio Grande do Norte
Não poderia faltar

(....)

Os estados citados
Forma as regiões Sudeste
O Norte e o Sul
E meu amado Nordeste
Terra do Presidente Lula
Homem que o Brasil não esquece

Todos estados chegaram
Com um povo competente
Com sua opinião formada
Discursando para toda gente
Mostrando compromisso
Estão lutando firmemente

O Rio Grande do Norte
Veio bem representado
Com Agostinho, Marçal Everlane,
Todos muito animados
Magnalda, Leonete e Carneirão
Outro povo arrojado

Ainda temos Assis
Homem de linha de frente
Cícera, Francisca e Auricélio
Outros guerreiros valentes
Mel, Paloma, Taís e Caramuru
Um careca diferente

O Rio Grande do Norte
Não veio prá brincadeira
Trouxe Catraca e Fabiana
Com estes não tem besteira
Fátima, Teófilo e Edigar
Gente firme e de primeira

(...)

Obrigado Rio Grande do Norte
Muito obrigado Brasil
Pela atenção dispensada
Povo amado varonil
Sou filho do Trairi
De um povo amado e gentil

Edigar Abençoado, poeta potiguar

(Imagem ilustrativa retirada de www.culturalivre.net)


Terreno no loteamento São Pedro começa a sofrer valorização
* Caramurú

Não se encontra terreno para construção de casa por menos de R$ 3 mil no loteamento São Pedro, caminho para a Pitombeira, perto de onde passará o asfaltamento. Valor abaixo disso é promoção. Outro reflexo da BR.

* Imagem ilustrativa retirada de http://www.imagens01.olx.com.br/

BR 110 tem primeiro investimento privado
* Caramurú

Na saída para Upanema, onde fica a propriedade de Luiz de Neco, está em andamento a construção de um posto de gasolina que também terá pousada, lava-jato e lanchonete. O investidor veio de Messias Targino e deverá gastar mais de R$ 200 mil no empreendimento. A obra é o primeiro reflexo da BR 110. Aliás, o primeiro de muitos.
* Imagem ilustrativa retirada de http://www.quebarato.com.br/

Leandro envia mensagem do além para jovens aprovados no vestibular:

"Parabenizo a todos os que contribuíram para essa grande realização alcançada pelos meus conterrâneos. Parabéns ao meu amigo Kállio.De além, mas não de aquém".


Leandro Almeida, meu afilhado e estudante do IFRN.

O RN teve representação maciça em evento do MDA
* Blog de Felipe Guerra

Representantes do RN estiveram participando de 22 a 25 de março, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães em Brasília, do II Salão Nacional dos Territórios Rurais - Territórios da Cidadania em Foco, com uma delegação de diversos representantes entre eles o Delegado do MDA no RN, Hugo Manso, o vice-Prefeito de Campo, Caramurú Paiva, a supervisora do PDHC (Projeto Dom Helder Camara) no Território Sertão do Apodi, Rosane Gurgel, além de outras representações dos movimentos sociais.

O II Salão Nacional dos Territórios Rurais - Territórios da Cidadania em Foco é um espaço para o diálogo entre governo e sociedade civil e para a troca de conhecimentos, onde Territórios Rurais de todo o país discutiram suas experiências desenvolvidas ao longo de oito anos da estratégia territorial implantada no Brasil. O evento é promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Territorial (MDA/SDT).


* Matéria publicada originalmente no http://www.abelhudonews.blogspot.com/

De Brasília
* Blog do Johan Adonis

Desde segunda feira está em Brasília no Centro de Convenções Ulysses Guimarães uma comitiva de representantes dos Territórios da Cidadania e Territórios Rurais do RN participando do II SALÃO NACIONAL DOS TERRITÓRIOS DA CIDADANIA, evento realizado de 22/03 a 25/03/2010..Um grande evento onde tem representantes de todos os territórios do Brasil, trocando saberes em experiências exitosas em boas práticas territoriais realizadas nos diversos espaços do Brasil, oficinas de políticas públicas, palestras, apresentações culturais, e audiência com o presidente LULA..

Participam do RN todos os 10 articuladores territoriais, os 02 articuladores estaduais, representantes do governo e sociedade civil dos territórios e o delegado Federal do MDA no estado e Pré candidato a Senador pelo PT Hugo Manso..Do Potengí os representantes são: O articulador territorial Johan Adonis, representante da Emater Paloma Damasceno e representante da Fetraf Cícera Franco..Um evento muito grande com cerca de 1.500 participantes dos diversos territórios de todo o Brasil, uma diversidade cultural muito grande..

Na audència com o presidente Lula, ele abriu dizendo: Estou com 64 anos de idade, e esse é o mais perfeito programa de governo que eu já conheci..., disse também, o que enfrentou e superou a crise no Brasil, foram os recursos do povo Brasileiro com os diversos programas de governo voltados para pobres, pois houve uma descentralização do dinheiro e o mesmo deu poder de compra aos menos favorecidos, o que gerou emprego e renda, pois o pobre usou o dinheiro oriundo destes programas para para investimentos e suprir as necessidades básicas do seu dia a dia..

Lula se mostrou muito satisfeito com o programa e como a gestão está sendo conduzida pela sociedade, e anunciando que em 2010 serão investidos nos territórios a quantia de 27 Bilhões de reais, onde a gestão destes recursos será dos colegiados.

* Ver endereço do Blog do Johan Adonis na barra lateral

Manoel Cândido sai da FETARN e firma projeto de deputado estadual
* Caramuru

É irreversível a postulação de Manoel Cândido para uma vaga de deputado estadual. Nesta terça-feira à noite, o sindicalista entregará o cargo de presidente da Federação dos Trabalhadores e das Trabalhadoras na Agricultura do RN para Ambrósio Lins. A partir de quarta, Manoel começará a intensificação dos contatos políticos rumo a Assembléia Legislativa do Estado. Em seu favor contará o fato de ser o único vindo do sindicalismo rural.

Posse na FETARN





MEC autoriza contratação para Campus da UFERSA de Caraúbas
* Assessoria de comunicação de Fátima Bezerra
A deputada federal Fátima Bezerra comemorou a publicação, no Diário Oficial da União de hoje, da portaria 342, do Ministério de Educação, que autoriza a contratação de 51 cargos de professores e técnicos administrativos, via concurso público, para o Campus da Universidade Federal Rural do Semi Árido – UFERSA, em Caraúbas.

Comm isso, a unidade universitária já começa a funcionar no segundo semestre letivo deste ano, provisoriamente na Escola Municipal Leônia Gurgel daquele município do médio-oeste potiguar. “Vale ressaltar que os recursos da ordem de R$ 15 milhões já estão assegurados para a construção das instalações do Campus, obra que deverá ser iniciada o mais breve possível”, disse Fátima Bezerra.

A deputada Fátima Bezerra está cumprindo agenda no interior do Estado. Hoje pela manhã, participou ao lado do reitor da UFRN, Ivonildo Rego, da inauguração das novas instalações do Hospital Universitário Ana Bezerra, na cidade de Santa Cruz. Além da reforma física, o Hospital recebeu um novo ambulatório climatizado, uma moderna sala de ultrassonografia, novas instalações do laboratório de análise clínicas, uma clínica odontológica com quatro gabinetes e uma sala de Raio-X.

Neste momento, a deputada se encontra em Currais Novos participando, acompanhada do vereador Odon Jr, das homenagens à poetisa Zila Mamede, dentro das comemorações do Dia da Poesia. À tarde, a Fátima vai a Antônio Martins, onde receberá o título de cidadania e participa das festividades pelos 47 anos de emancipação política do município. À noite, haverá uma jantar de confraternização no Terminal Turístico.

No sábado pela manhã, Fátima segue para a cidade de Pau dos Ferros. Lá, ela tem encontro com os Agentes Comunitários de Saúde e de Combate as Endemias. Também participará de reunião com os Policiais Militares da região para levar informações sobre a PEC do Piso Salarial. Fátima concede entrevista a rádios locais.

De volta a Natal, a deputada vai ao lançamento do livro da professora Ana Maria Cortez, às 18h, na Aliança Francesa. No domingo, 28, Fátima Bezerra embarca para Brasília no início da tarde para participar da 1º Conferência Nacional de Educação (CONAE), que reúne cerca de 4 mil participantes para discutir caminhos para a educação brasileira. O evento vai até quinta-feira, 1º de abril.
* Imagem retirada de www.camara.gov.br

O melhor blog de São Paulo,
* Caramuru

, do Potengi (é lógico) pertence à autoria de uma figura experiente em política. Falo de Johan Adonis e seu
www.blogdojohanadonis.blogspot.com com mais de 40 mil visitas no mais visitado blog do território do Potengi. Tenho muitas afinidades com a figura. Além do gosto pelo bom humor, Johan é fã de futebol e guarda um passado marcante nos antigos jogos do Matutão, correspondente a segunda divisão do interior do Estado. Gosto de conversar com o cara e de tirar ondas como quando brincávamos no avião fingindo ele que eu era um deputado federal e ele um cabo eleitoral.

domingo, 28 de março de 2010

Luiza (direita) ao lado da professora Eva

LUIZA VIEIRA, és Mãe, Filha, Educadora, Companheira e Amiga


* Iracema Maniele

Há dias vim me perguntando como, e o que escreveria sobre Luiza Vieira, ou melhor não sabia por onde começar, pois essa mulher tem uma história longa e muito bonita, que representada de lutas e de conquistas a partir de sua força e segurança, do que tanto deseja e sonha.

Luiza (foto), comemora mais um ano de vida com muitas alegrias, dentre elas arrodeada de pessoas que tanto querem bem a sua pessoa, também é impossível não falar o quanto és especial na vida das pessoas que tem o privilégio de dividir tantos momentos bons. Ela é responsável pela sua história, pois a escreve a cada dia, incrível a firmeza que passa ao mundo de opniões que vive. Quando é descrito trechos de sua vida é algo tão fantástico, pois transmite a determinação da mulher negra brasileira e da forma digna que vencemos diante do medo, das indiferenças que parte da sociedade, mas transformada na vida das pessoas que sabem do valor da sua presença na mudança por um mundo bem melhor.

Ser mãe, filha, educadora, companheira e amiga são virtudes visíveis na personalidade desta mulher forte, dedicada, feliz e cheia de objetivos.

Queria aqui passar minha admiração por Luiza Vieira, mas não é possível, acredito que será a cada dia que ao seu lado transmitiremos nossos sentimentos. Diante de tudo quero parabeniza-lá em forma bis ´pela data que é especial para tod@s que te rodeiam, e também pela sua história de vida marcada de muitas lutas e conquistas maravilhosas´. Parabéns e felicidades. Te adoro, força mulher!

sábado, 27 de março de 2010

Prof. José Willington Germano (UFRN)

Simone

Abaixo reproduzo a matéria publicada no jornal Tribuna do Norte sobre as eleições da Cooperativa Cultural da UFRN. Quero manifestar meu total apoio e declaração de voto ao meu querido Professor e Orientador o Prof. Willington Germano, exemplo de dedicação, humanismo e compromisso social.


Mais perto dos estudantes*

Maria Betânia Monteiro - repórter
As eleições para presidência da Cooperativa Cultural Universitária, que acontece na próxima terça-feira (30 de março) acendeu as discussões sobre o papel da instituição, criada em 1977. Em artigo publicado nesta TRIBUNA DO NORTE na última quarta-feira, o professor e escritor Carlos Newton Júnior, ex-presidente da Cooperativa, expõe uma série de medidas da atual administração, que podem levar ao seu fechamento. Uma delas é o encerramento das atividades da livraria às 18h. Outra crítica feita por Carlos Newton à atual administração diz respeito à escassez de atividades culturais promovidas pela Cooperativa.

Marcelo BarrosoMarco da vida universitária, a Cooperativa Cultural terá seu futuro traçado a partir da eleição da próxima terça-feira

A Cooperativa Cultural foi criada com o objetivo de incentivar a cultura, através da promoção de eventos culturais e artísticos, além de vender livros e outros produtos fomentadores do intelecto. Estruturada como uma livraria no Centro de Convivências da UFRN do campus de Lagoa Nova, ela assume uma dimensão pública por ser um patrimônio coletivo. E é. A cooperativa faz parte de um rito de passagem dos universitários.

A idéia de fundar uma cooperativa que viabilizasse a venda de livros técnicos e científicos, até então difíceis de serem adquiridos em Natal, partiu do professor Waldson Pinheiro, em 1976, quando era o chefe do Departamento de Letras da UFRN. O professor Waldson, com os colegas Waldomiro Cunha, do Departamento de Ciências Contábeis, e José Oscar Pereira, do Departamento de Ciências Sociais, juntamente com alunos do curso de Cooperativismo, alguns funcionários e professores da UFRN, realizaram diversas reuniões que culminaram na fundação da Cooperativa.

O reitor da UFRN era o prof. Domingos Gomes de Lima, que criou as condições para que o empreendimento desse os seus primeiros passos. Inicialmente, a Cooperativa funcionou em um galpão no Setor I, onde hoje está a sede do DCE. Só no início dos anos de 1980, transferiu-se para sua sede atual no Centro de Convivência da UFRN.

A Cooperativa é administrada por um Conselho Administrativo, mas também conta com um Conselho Fiscal. Ambos eleitos pelos sócios em assembleia. O Conselho é composto da seguinte forma: Presidente, Vice-Presidente, Secretário e por seis Conselheiros. A eles cabem, administrar a Cooperativa, tendo à frente o Presidente. As eleições são efetuadas a cada dois anos.

Eleição desta vez terá duas chapas

Estarão concorrendo duas chapas nas eleições que serão realizadas na próxima terça-feira, das 9h às 13h, no auditório da Biblioteca Central Zila Mamede, da UFRN. O professor Doutor em Educação Willington Germano, ex-presidente da Cooperativa e candidato a atual presidência, diz que a presença de duas chapas é uma novidade, pois as eleições sempre ocorrem com chapa única eleita por aclamação. Atualmente, existem duas chapas: a “Cultura e Democracia”, encabeçada pelo professor Germano, e a “Cultura e Modernização”, encabeçada pelo prof. Pedro de Lima, atual presidente, que concorre à reeleição. Podem votar os sócios em atividade, sejam eles professores, estudantes e funcionários.

A reportagem do VIVER conversou por telefone com o professor Pedro Lima, atual presidente da Cooperativa, e solicitou que ele se posicionasse com relação a alguns pontos levantados no artigo do professor Carlos Newton Junior. O Presidente preferiu não dar entrevista, já que havia solicitado a este jornal, o direito de resposta.

O VIVER convidou o professor Germano, citado inúmeras vezes no artigo publicado neste jornal, para traçar o panorama administrativo da Cooperativa Cultural na atualidade. O Professor Germano além de candidato à presidência da Cooperativa, também faz parte do Conselho Administrativo desta gestão.

Entrevista/professor Willington Germano

O professor Carlos Newton Júnior coloca no artigo publicado pela TRIBUNA, que “a Cooperativa está se dissolvendo como sal na água”, quando se refere à atual falta de diálogo entre os sócios e a comunidade em geral. A Cooperativa está realmente deixando de lado este diálogo?
É verdade. A atual diretoria se afastou do compromisso inerente ao cooperativismo, a gestão do patrimônio coletivo. Falo isso como integrante do Conselho Administrativo. Sem pretender desconsiderar ninguém, o prof. Carlos Newton, tem razão nos vários pontos que abordou no seu artigo. Desse modo, a atual direção, faltou ao diálogo, até mesmo com o Conselho Administrativo, pois várias medidas foram tomadas de forma autoritária. Somente depois, com os fatos consumados, é que os conselheiros tomavam conhecimentos de medidas adotadas, sem a prévia discussão e autorização do colegiado dirigente. Isso ocorreu em várias ocasiões. Foi assim, com a demissão de funcionários, foi assim com a transferência do setor reprografia para lugar inadequado, foi assim com as mudanças ocorridas no próprio espaço da Cooperativa que redundaram em fechamento e dificuldade de acesso. As mudanças implicam em despesas consideráveis e envolvem a vida das pessoas, de seres humanos. Ora, se isso aconteceu com o Conselho Administrativo, imagine o que iria ocorrer com os funcionários. Estes não tiveram voz e o mal-estar se instalou ao ponto deles recusarem o evento de confraternização natalina. Eles acharam que não havia clima. Do mesmo modo, Luiz Damasceno, um grande livreiro, um personagem marcante do universo humano de Natal, viu-se na contingência de pedir demissão. Todo esse procedimento redundou em perdas financeiras, por dois anos seguidos, fato nunca ocorrido na Cooperativa, nem mesmo nos tempos de Collor de Mello, e no afastamento das pessoas do espaço da livraria. É evidente, que o dialogo com os sócios e frequentadores da Cooperativa, foi restrito. Este é quadro de dificuldades atuais. É preciso, portanto, reativar o diálogo.

A cooperativa corre o risco de ser fechada ou ser diminuída de sua função precípua?
Ela correria o risco de fechar, caso o seu patrimônio continuasse a sofrer diminuição, como se verifica hoje. Mas acredito que isso não irá ocorrer, pois, certamente, os sócios da Cooperativa irão optar pela realização de mudanças.

Que papel deveria desempenhar a Cooperativa?

Uma cooperativa cultural deve ter um papel de protagonista no tocante a vida cultural dos seus associados e frequentadores, não deve ser uma mera casa comercial, embora faça comercio, deve ter um compromisso público com a democratização do conhecimento, com a democracia cognitiva, sem a qual não há democracia de qualquer espécie, como diz o eminente sociólogo Boaventura Santos.

Outros pontos levantados foram: demissão de funcionários antigos, decisões sem planejamento, modificação da logomarca (descaracterizando o sentido de cooperativa), encerramento das atividades da livraria no horário comercial. O que o senhor pretende fazer em sua gestão com relação ao que foi ressaltado por Carlos Newton?
Caso sejamos eleitos, como esperamos, os funcionários serão respeitados, serão tratados como sujeitos que têm voz, serão ouvidos, pois a nossa gestão irá se pautar pela participação. Iremos agir de forma planejada pois, como diz o pesquisador Carlos Matos, planejar é pensar antes de agir. Desse modo, as nossas ações serão tomadas tendo em vista salvaguardar e ampliar a saúde financeira da Cooperativa. Iremos agir de forma partilhada com o Conselho Administrativo e com outras instâncias de participação, não adotaremos a política dos fatos consumados.


*Matéria publicada em 27 de março de 2010 em: www.tribunadonorte.com.br

A diretora que tem uma filha aluna na própria escola que dirige: Luíza Vieira
* Caramuru


Daria muito para está hoje em CG e junto com Joyce e as meninas do Ieda irmos ao jantar surpresa que elas organizaram para comemorarem o aniversário da companheira Luíza Vieira, aliás, Luíza de Fodó.

A companheira merece por ser uma das mulheres mais extraordinárias de Campo Grande.
A professora Luíza contrariou o destino óbvio que a sociedade impõe a maioria das negras e filha de pais pobres e se formou, tendo uma das mais dignas das profissões que é a de educadora.

Atualmente como diretora do Ieda Medeiros confirmou a grande capacidade de liderança quando no primeiro ano de gestão elevou de 11 para 16,5 o índice da Escola na Provinha Brasil.
Ousada, Luíza encontrou uma equipe excelente na escola e implantou em parceria com o Governo Federal uma metodologia pioneira no Estado que rendeu 95% de alfabetização e zerou a evasão escolar nas turmas testadas com a nova forma de ensinar.
Aliás, Luíza é o exemplo de diretora que chega antes e sai depois de todo mundo, todos os dias. Merecia salário triplo.

Poderia continuar listando suas qualidades mas prefiro dizer que existem 'bons amigos para as horas boas' e existem 'amigos ótimos para todos os momentos'. Estes últimos precisam de caráter e ideiais. Para mim e muitos de CG uma pessoa que tem a grandeza citada atende pelo nome de LUIZA DE FODÓ. Feliz aniversário.

Manoel Brito foi o melhor para o esporte, concorda Neto:

"Concordo com Vitor,naquela época era muito diferente,mais tenho certeza que o capitão sem aquele apoio da prefeitura não teria feito o grande trabalho que ele fez,não esquecendo ainda de Maxwell que dava todo um suporte junto a prefeitura,bons tempos".

Neto de Zé de Natanael, assinando embaixo da afirmação de Vitor Melo

(Imagem ilustrativa de www.propofs.com)