O que está procurando?

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Aprovado 14º salário para professor* PDF Imprimir E-mail

A Comissão de Educação aprovou nesta terça-feira (10) o projeto que institui o 14º salário para professores da educação básica do ensino público. A proposta do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), aprovada na forma do substitutivo do relator, Marconi Perillo (PSDB-GO), segue para análise das comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e Assuntos Sociais (CAS).

Terão direito a receber o 14º salário aqueles professores que elevarem em 50% o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de sua escola. O Ideb é um indicador para avaliar a qualidade de ensino das escolas públicas. Ele é obtido a partir do cruzamento de informações de desempenho dos estudantes em exames padronizados com dados sobre a aprovação dos alunos.

“O incentivo é para os professores e, ao mesmo tempo, melhora a qualidade da educação das crianças. Ao tempo que melhora a situação do professor, melhora as notas e o desempenho dos alunos. O professor só vai receber se o aluno tiver nota melhor na escola na avaliação que o MEC faz", explica Cristovam Buarque.

De acordo com o projeto, também será pago 14º salário para profissionais de educação básica que alcançarem o Ideb igual ou superior a sete. O pagamento desse benefício, segundo a proposta, deverá ocorrer até o final do semestre subsequente ao da publicação dos resultados do Ideb.

*Extraído do site http://www.aduern.org.br


Toinho do Morcego deverá será candidato a presidente da Colônia de Pescadores

Toinho do Morcego se afasta do fórum de associações para disputar Colônia de Pescadores
* Caramurú

O militante social Zé Vital assumiu a coordenação do fórum das 45 associações comunitárias rurais que congrega ao todo quase 2 mil famílias do município de Campo Grande. O fato se deu porque o atual representante, Toinho do Morcego, pediu afastamento para disputar a presidência da colônia de pescadores ao lado de Gilvan e contra a gestão de Grimaldo Gondim, vereador e presidente.

Toinho do Morcego foi o grande responsável pela organização comunitária do Morcego e de CG e é hoje um dos maiores conhecedores das políticas públicas para o meio rural. Consagrado e reconhecido por gestores e dirigentes estaduais dos órgãos públicos e gozando de grande carisma junto aos pescadores, Toinho do Morcego está começando a formar a chapa que certamente terá grandes chances de vitória. Sobretudo, porque Toinho tem uma enorme capacidade de aglutinação política e está reunindo em torno de si a classe dos pescadores e tem o reconhecimento de gente das diversas colorações partidárias e as maiores lideranças municipais. É esperar prá ver.

Prefeitura e UERN preparam aulões especiais para o ENEM
* Caramurú

A partir de quarta-feira até a sexta, véspera do Exame Nacional do Ensino Médio, o Curso pré-vestibular Abrindo Caminhos trará professores/as de Mossoró para fazer revisão e dá dicas para as provas do ENEM. As aulas serão dadas em cima da última prova do exame para que os alunos e as alunas se familiarizem com os modelos das questões.

Já não se fazem mais nomes de cachorros como nos tempos de Luiz Gonzaga
* Caramurú

Passando pela casa de D. Ana de Zé de Bento, na comunidade rural do Bom Jesus, vi a sua netinha espantar Pelópidas, o cão da porta da casa. Nossa Senhora, Que diferença de Baleia, Piaba e outros nomes citados nas músicas do Gonzagão!!!!. Mais a frente ainda me deparei com Viajante. É ... o Sertão mudou muito.

Em 2010 CG terá projeto piloto de reciclagem de lixo
* Caramurú

O amigo Dimas Melo, Secretário Municipal de Obras e Urbanismo, confirmou que iniciará no primeiro semestre do próximo ano uma ação em parceria com as escolas no sentido de promover educação ambiental com geração de renda, através da reciclagem de lixo. Em breve contaremos detalhes de mais esta interessante iniciativa.


Secretaria de Obras fará confraternização dos garis
* Caramurú

Depois de implantar o café-da-manhã para os servidores da limpeza, o Secretário de Obras e Urbanismo, Dimas Melo, fará a festa de final de ano da categoria no dia 19 com direito a feijoada, churrasco e distribuição de brindes. Os garis receberam muito bem esta iniciativa louvável do nosso gestor.

Bibi consegue recursos para cadeia produtiva do leite
* Caramurú

A falta de alternativa e preço para o comércio do leite bovino é uma preocupação que o prefeito Bibi de Nenca tratará amanhã com o gerente do Banco do Nordeste e pecuaristas de Campo Grande visando novos investimentos do BNB. Esta não é a primeira ação do prefeito em prol dos bovinocultores, no início do ano ele conseguiu recursos do PRONAF infra-estrutura para instalação de um tanque de resfriamento de leite e aguarda a liberação das obras pela Caixa Econômica Federal.

Manoel Cândido pode se lançar deputado estadual
* Caramurú

Notícias vindas de outras bandas do Sertão dão conta que o companheiro Manoel Cândido (foto), presidente da FETARN, prepara candidatura para Deputado Estadual, embasado numa presença de mais de 100 sindicatos espalhados por todo o Estado do Rio Grande do Norte que são ligados a Federação. Com certeza, se a base for leal, Manoel tem muito serviço prestado e será forte candidato a uma vaga na assembléia legislativa.

CONAB doará arroz vermelho para CG
* Caramurú

Nos próximos 06 meses as escolas, creches e crianças e idosos atendidos pela Secretaria de Ação Social receberão quinzenalmente a doação do arroz vermelho produzido no município de Apodi. A parceria foi firmada entre a Prefeitura Municipal de Campo Grande e a COOAFAP - Cooperativa da Agricultura Familiar de Apodi que por sua vez venderá o produto ao Programa Compra Direta do Governo Federal e entregará o produto em cada estabelecimento. Os principais benefícios são a elevação da qualidade da merenda escolar para os alunos e alunas; e a melhoria no preço do arroz para os produtores.

domingo, 29 de novembro de 2009

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO AMBIENTAL ABRE INSCRIÇÕES NO DIA 30 DE NOVEMBRO*

O Departamento de Gestão Ambiental (DGA), da Faculdade de Ciências Econômicas (FACEM/UERN), divulga o edital do exame de seleção do curso de pós-graduação lato sensu em Gestão Ambiental. São oferecidas 44 vagas, sendo 4 de concorrência exclusiva de funcionários da UERN.
As inscrições serão abertas no dia 30/11/09 e podem ser feitas até 18/12/09. A seleção dos candidatos será realizada no período de 27 a 29/01/2010, baseada na análise do Currículo e entrevista. Os dias e horários das entrevistas serão divulgados no dia 25/01/2010. O resultado final da seleção será divulgado no dia 01 de fevereiro de 2010.
Os alunos selecionados deverão apresentar no ato da matrícula, comprovante de pagamento de matrícula no valor de R$ 200,00 . As demais mensalidades deverão ser pagas em 14 parcelas de R$ 240,00 até o dia 05(cinco) de cada mês. Para acessar o edital é só entrar na página da UERN (
www.uern.br).
*Extraído do site: www.uern.br
**Postado por Simone Cabral

sábado, 28 de novembro de 2009

CG sediará capacitação do PDS para municípios da região
* Caramurú
Nos próximos 1 e 2, acontece o I módulo de capacitação em políticas públicas, controle social e economia solidária promovido pelo Programa Desenvolvimento Solidário/SETHAS em parceria com o Centro Terra Viva. A atividade acontecerá no Centro Comunitário Nossa Casa Ronaldo Valência, no Conjunto Padre Pedro Neefs. O Conselho Municipal do FUMAC/PDS é presidido pela Prefeitura Municipal de Campo Grande.

Os galhos podres de Arruda
* Caramurú

O Jornal Nacional passou na noite deste sábado o vídeo onde o Governador Democrata do Distrito Federal, José Roberto Arruda, recebeu dinheiro sujo na sua eleição. Nas imagens a grana é repassada pelo então Presidente da Companhia de Desenvolvimento do Planalto, Durval Barbosa. O advogado disse e terá de fazer muito esforço para convencer a Política Federal e o Superior Tribunal de Justiça que aquele pacote de notas era tão somente para comprar panetones.

De acordo com o portal G1, as investigações apontam que o dinheiro foi oriundo de propinas pagas por empresas prestadoras de serviços ao Governo do Distrito Federal. O Governador Arruda antes tinha sido marcado pelo escândalo da quebra do sigilo do painel eletrônico do Senado. O novo caso coloca em xeque o projeto nacional do Democratas em bancar o vice-presidente na chapa da oposição uma vez considerado ser este o único governador desse partido. Pelo visto os aliados deverão comer o pão que o diabo amassou para explicar os panetones.
"Se a eleição fosse hoje Rosalba podia comprar a gravata"
Nelson de Zé Inácio, hoje a tarde, fazendo análise política

Sinara Gadelha
* Caramurú

Sinara Gadelha é simplesmente unanimidade entre os amigos e amigas. No Transformação é um talento incrível como atriz de rua. Nos estudos foi uma das nossas satisfações do ano passado quando conquistou a vaga em serviço social e dentro da UERN tem sido uma das melhores alunas da turma. Sinara também encontra tempo para ajudar nas atividades da igreja católica. Na internet escreve tão bem quanto o talentoso Santiago, seu irmão, que por sinal iniciou o CG JOVEM formando uma dupla com ela.

Por tudo isto e mais um pouco, Sinara traduz 02 grandes significados para mim. O primeiro é a esperança na juventude, mostrando que a atual geração tem muita gente bacana. O segundo e mais importante de tudo isto é a certeza que sou um cara sortudo por contar com a amizade dela e toda sua família. Assim, o mínimo a fazer é desejá-la muitos e muitos anos de vida. Feliz aniversãrio.

Aniversário na família Paiva
* Caramurú

Ontem D. Rita, o amor da minha vida, comemorou idade nova e comemoramos com a fava e a curimatã mais gostosa do mundo. Neste domingo, é a vez de Adelita (foto), minha sobrinha. Esta a gente só vai brindar depois da volta do norte, no final de dezembro.

Aniversário na família Vieira
* Caramurú

A amiga Bartira, filha do grande amigo Lopes Vieira, também fez idade nova neste 28. Felicitações

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Coordenação do PDS recebendo projetos do 3 municípios contemplados

Banco Mundial fará pesquisa exclusiva em Campo Grande, Caraúbas e Felipe Guerra
* Caramurú

O município de Campo Grande juntamente com Caraúbas e Felipe Guerra foi selecionado para participar da pesquisa do Banco Mundial e o Programa Desenvolvimento Solidário/SETHAS - PDS que vai analisar os resultados obtidos com projetos desenvolvidos por grupos de mulheres que trabalham hortaliças orgânicas. Única pesquisa do gênero que o Banco Mundial fará no Brasil, a ação foi articulada pelo PDS em parceria com o Projeto Dom Heldér Câmara/MDA, o Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais de Caraúbas e a Prefeitura Municipal de Campo Grande.

Ao todo serão implantados 10 projetos de pesquisa sendo distribuídos 05 em Campo Grande, 04 no município de Caraúbas e 01 em Felipe Guerra. As mulheres campograndenses beneficiadas são moradoras da comunidade rural Bom Jesus, dos assentamentos Nova Vida e Ronaldo Valência (2); e da Associação Casa e Cidadania no conjunto Padre Pedro Neefs. De acordo com as informações repassadas pela Supervisora do Programa Desenvolvimento Solidário, Dra. Ana Guedes, a expectativa é que os técnicos do Banco Mundial iniciem a pesquisa no mês de dezembro.

Nesta quinta-feira comitivas de técnicos e representantes institucionais de Campo Grande, Caraúbas e Felipe Guerra, mais a supervisora do Projeto Dom Heldér Câmara/MDA, Dra. Rosane Gurgel, estiveram em Natal quando fizeram a entrega dos projetos ao Coordenador do Programa Desenvolvimento Solidário, Dr. Valfredo. Na oportunidade ainda se fizeram presentes os supervisores de área do PDS, João Maria e Dinarte.


Municípios do Oeste se reúnem em Portalegre para tratar de turismo
* Caramurú

Na manhã desta sexta-feira, o Prefeito Bibi de Nenca acompanhado da Coordenadora de Geração de Emprego e Renda, Lilia Holanda (foto), participam da reunião do Pólo Serrano de Turismo, onde junto com demais prefeitos da região avaliarão os avanços de 2009 e traçarão as metas das prefeituras para 2010.

Para o município de Campo Grande o ano foi de comemorações com a realização do inventário turístico pela UERN, a promoção de eventos regionais como a I Copa Oestana e o I Festival da Cachaça; e a recente apresentação do projeto de lei do vereador Vagner Souza que cria o Calendário Oficial de Eventos do Município - COFEM CG.

Rede Pardal faz comemoração e Sertão Verde é destaque em publicação
* Caramurú

Ontem, em Natal, as principais ONG e diversos representantes de órgãos federais de da União Européia se reuniram para comemorar 10 anos da Rede Pardal de ONG prestadoras de assessoria técnica para a agricultura familiar. A articulação é conhecida pelo trabalho voltado para a agroecologia que é uma forma de produção voltada para a produção em sintonia com preservação do meio ambiente.

A participação de Campo Grande se deu através das presenças de Zuleide Araújo que recebeu a comenda 10 Anos da Rede Pardal, e as representações das comunidades rurais com projetos agroecológicos (Lilia Holanda - Bom Jesus, Iracema Manielle - Campo de Aviação, Madalena - Salgado; Francione Galvão - Milagres e Brena Viana - Nova Vida). A família de Angélica Viana (foto), do assentamento Nova Vida, foi capa do boletim comemorativo que foi distribuído pela Rede Pardal. Ainda participamos de Campo Grande, eu e o companheiro Fábio Fernandes que estava como técnico do Centro Terra Viva.

"O ABC voltou, o ABC voltou, o ABC voltou"


Coro irônico cantado pela torcida do América de Natal, comemorando a queda do rival para a série C.

Prefeitura e SEBRAE entregam certificados a 30 cursistas
* Caramurú

O Prefeito Bibi de Nenca e os técnicos do SEBRAE promoveram na manhã de ontem a entrega dos certificados para 30 participantes do curso de artes plásticas. No seu pronunciamento Bibi destacou o grande parceiro que tem sido o SEBRAE com diversos cursos promovidos em 2009, beneficiando mais de 700 pessoas de CG e cidades circunvizinhas. No contexto, agradeceu a indicação do seu nome para recebimento do prêmio PREFEITO EMPREENDEDOR.


quinta-feira, 26 de novembro de 2009


Fátima participa de marcha pelo piso salarial dos policiais e bombeiros
* Assessoria de imprensa da Deputada Fátima Bezerra

A deputada federal Fátima Bezerra participou na manhã desta quinta-feira, 26, da marcha em prol da implantação do piso salarial para os policiais e bombeiros militares. Fátima é vice-presidente da Comissão Especial que analisa a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 300/08) que trata da remuneração dos policiais militares e bombeiros aprovou o texto final que será votado pelo Plenário da Câmara dos Deputados em dois turnos de votação.

A concentração de policiais militares, bombeiros e associações de classe, teve inicio no calçadão da Rua João Pessoa, Centro, e seguiu, em passeata, para a Assembléia Legislativa do estado onde aconteceu audiência pública para debater sobre o novo piso, que em seu texto define que as polícias militares e os corpos de bombeiros dos estados não poderão receber remuneração inferior à da Polícia Militar do Distrito Federal. A proposta também valerá para os inativos e pensionistas. Atualmente o salário de um PM na capital federal é de R$ 4.500.

A marcha esteve afinada com a aprovação do relatório final da PEC 300 pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados, que tem Fátima como vice-presidente. Agora, a matéria segue para o plenário e entrando em pauta de votação, será votada em dois turnos na Câmara e também no Senado.

Para a deputada Fátima, está é uma mobilização mais que justa. “Quero aqui reiterar o meu apoio a classe e me colocar a disposição para lutarmos juntos em prol da implantação desse tão merecido piso salarial para policiais e bombeiros”, disse.

Presente também, o presidente da Associação Nacional de Cabos e Soldados da PM, deputado distrital Cabo Patrício (PT-DF), que ressaltou que esta é uma luta de toda a sociedade. “O nosso partido é a Polícia Militar e os Bombeiros. Para conquistar o que já conquistamos até hoje muitos colegas foram perseguidos, inclusive expulsos. Mas, agora, nós estamos unificando todos os estados para fazer uma grande marcha”, falou.

A movimentação contou com a presença de outros parlamentares ligados a policia militar e de representantes de associações dos policiais militares e bombeiros de vários estados. A realização da audiência no RN foi uma construção das associações representativas dos policiais e bombeiros militares do RN e dos mandatos da deputada federal Fátima Bezerra e do deputado estadual Fernando Mineiro.

Adiada assinatura do Projeto Adutora do Sertão
* Caramurú

A previsão de que o convênio para liberação dos recursos da adutora do Sertão fosse assinado nesta sexta-feira (27) passou para o dia 02/12. A informação foi repassada pela Coordenação do Programa Desenvolvimento Solidário. Com isto o forró da adutora também será alterado para a nova data.
Deputado Mineiro confirma voto a favor da redistribuição do ICMS
* Caramurú

Listado pela imprensa como um dos deputados contrários a redistribuição do ICMS em favor dos pequenos municípios, o Deputado Estadual Petista, Fernando Mineiro, foi visitado pelo Prefeito Bibi de Nenca juntamente comigo e ouviu as explicações acerca do ganho que significa para mais de 100 prefeituras como a de Campo Grande que passarão a somar mais R$ 50.000,00 nas receitas mensais. O parlamentar mostrou-se compreensivo e na Tribuna Assembléia Legislativa afirmou que era a favor. "Estive reunido a pouco com o prefeito e o vice de Campo Grande, Bibi e Caramuru, e falei que fiz um estudo sobre o caso onde posso dizer que meu voto é sim, mas exijo a vinculação do novo repasse para ser aplicado na educação", disse Mineiro. O resultado foi comemorado pelos prefeitos presentes. Deste modo e com outras adesões, já somam 16 deputados a favor da proposta. A votação decisiva acontece na próxima terça, quando ocorrerá nova mobilização dos prefeitos. "As perspectivas são animadoras e por isso mesmo vale a pena gastar uma nova viagem para fazer coro junto aos demais gestores do RN para conquistarmos este direito justo com os pequenos municípios", ponderou Bibi de Nenca.

Junto com o prefeito Bibi, ainda participaram da mobilização, o vereador Arnaldo Bezerra, presidente da Câmara de Campo Grande, e o tesoureiro Dedé de Nenca. O Deputado Estadual Walter Alves esteve presente e destacou que se depender do voto dele a proposta será aprovada.

Mobilização de prefeitos acelera tramitação de projeto que muda distribuição do ICMS
* Jornal Correio da Tarde

Comandada pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), a mobilização dos prefeitos no Dia Estadual de Luta pela Redistribuição do ICMS produziu o primeiro resultado. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa se reuniu na última terça-feira, 24, pela primeira vez desde o final de setembro. O deputado Luiz Almir (PV) foi designado relator e assumiu, perante uma comissão de prefeitos, o compromisso de apresentar o seu parecer na próxima reunião da comissão, no dia 1 de dezembro. Os prefeitos voltarão a Assembleia para acompanhar a próxima reunião da CCJ.

A Comissão de Constituição e Justiça se reuniu pela primeira vez em várias semanas depois que prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças políticas de diversas regiões do Estado se instalavam no Plenarinho da Assembleia. Ao comunicar o resultado da reunião da CCJ, o presidente da FEMURN, prefeito Benes Leocádio convocou os colegas a fazer pressão sobre os deputados para que aprovem o Projeto de Lei 172/2009, de autoria coletiva, que propõe a redistribuição da cota-parte (25%) do ICMS pertencente aos Municípios."Devemos fazer um trabalho permanente, intransigente e incansável. Da minha parte quero dizer que deputado que quiser ter o voto de Lajes que vote em favor dos interesses do nosso município", afirmou Benes Leocádio. "Sei que está havendo muita pressão de alguém que não quer que a matéria não seja apreciada e aprovada. Não admitimos que esta Casa, num momento tão difícil como o vivido pelos pequenos municípios, deixe de apreciar esta proposta. Que ela seja apreciada e negada, mas não deixe de ser apreciada. Quem quiser que vote contra ou favor.

Depois de afirmar que os prefeitos não inventaram a crise financeira que atinge os municípios, o presidente da FEMURN reiterou que os prefeitos devem procurar o seu deputado ou candidato a representante na Assembleia Legislativa. "Os deputados podem votar contra o projeto, mas nós teremos também o direito de dizer ao nosso povo quem votou a favor ou contra os pequenos municípios do Rio Grande do Norte", completou Benes Leocádio. A reunião dos prefeitos no Plenarinho contou com a presença dos deputados Wober Júnior, primeiro signatário do Projeto de Lei 172/2009, Márcia Maia, Gesane Marinho e Lavoisier Maia. Todos declararam seu voto a favor da proposta de redistribuição. Márcia Maia convidou os prefeitos a voltarem à Casa na próxima terça-feira, 1 de dezembro. "Na terça-feira, a Comissão encaminhar o Projeto o Plenário desta Casa poderá aprovar, já, a redistribuição do ICMS", disse Márcia Maia. Os deputados José Adécio e Álvaro Dias também participaram da reunião dos prefeitos, ao final do evento. José Adécio propôs em plenário que os líderes das bancadas permitam a apreciação da proposta de forma rápida e urgente.

O deputado Wober Júnior disse que o Rio Grande do Norte, ao fazer a redistribuição do ICMS, vai copiar o que todos os demais estados do Nordeste já fizeram. "Tenho certeza de que esta Casa votará a favor deste Projeto. Mas para isto é preciso que os prefeitos deixem claro que não apoiarão os deputados que se posicionarem contra os pequenos municípios do Estado", afirmou o líder do PPS.

Os deputados José Adécio - que fez pronunciamento no plenário da Casa a favor do projeto -, Gustavo Carvalho e Antônio Jácome justificaram ausência na reunião dos prefeitos e também se manifestaram a favor da proposta de redistribuição do ICMS. O deputado Getúlio Rego também fez pronunciamento defendendo a votação urgente e aprovação da proposta da FEMURN.

Signatários do Manifesto dos Prefeitos, os presidentes de Associações Microrregionais de Municípios também marcaram presença. Carlos José Fernandes, presidente da Associação dos Municípios do Alto Oeste, pediu maior engajamento dos prefeitos. Miguel Teixeira, prefeito de São Miguel do Gostoso e presidente da Associação dos Municípios das regiões Central, Mato Grande e Litoral Norte (AMCEL); Ivanildo Alquerque, prefeito de Timbaúba dos Batistas e presidente da Associação dos Municípios do Seridó (IAMS) e Júnior Laurentino, presidente da Associação dos Municípios da Região Seridó Ocidental (AMSO) também marcaram presença. Todos pediram aos colegas prefeitos que voltem terça-feira à Assembleia Legislativa.

Vereador Arnaldo Bezerra deseja aumentar número de sessões da Câmara
* Caramurú

Ouvi do Presidente da Câmara de Vereadores de Campo Grande que pretende apresentar projeto que aumentará de 1 para 2 sessões semanais, subindo de 4 para 8 o total mensal de atividades no parlamento. Segundo Arnaldo, mesmo considerando que o vereador desenvolve atividades extra-tribuna, como articulação de recursos e elaboração dos projetos de lei, ele acha que o aumento pode significar mais resultados para o município. Concordo com o presidente que por sinal faz excelente mandato a frente da casa e torço pela aprovação da interessante iniciativa.

Repercussão da decisão dos vereadores de CG chega em Upanema. Veja o que saiu no Blog do Edgar:

Ciúme sempre atrapalha
* Blog do Edgar

A cultura que temos é que vice-prefeito, só pode fazer alguma coisa se o titular deixar o cargo para o vice assumir.

Isto pode não ser verdade. Tiro o exemplo de uma escola. Na escola, tanto o diretor como o vice-diretor são necessários para que o estabelecimento funcione melhor. Ambos são de grande importância no desenvolvimento de suas funções.

Já o vice-prefeito quando termina o mandato amigavelmente com o prefeito, causa grande admiração.

Devido esta prática, quando um vice-prefeito tem determinação e tenta trabalhar junto com o prefeito, não é bem visto por alguns.Podemos citar como exemplo, o que aconteceu na cidade de Campo Grande, onde a Câmara Municipal derrubou a idéia de criar um gabinete para o vice-prefeito. Esta idéia era bem aceita pelo prefeito, pelo vice-prefeito, por alguns vereadores e pela grande maioria da população. Mas a maioria dos vereadores não aceitando a idéia, talvez até por ciúmes, resolveram não aprovar a criação deste gabinete.

Mesmo de longe, vemos o empenho que o vice-prefeito de Campo Grande, Caramuru Paiva, vem desempenhando junto ao prefeito Bibi de Nenca.

Mesmo assim, sinto que Caramuru não vai se sentir derrotado e vai continuar com o grande trabalho que vem desenvolvendo para a cidade e a população de Campo Grande.Imagine seu gabinete de trabalho nos locais que sempre foi, nas residências, nas ruas, quem sabe assim você possa sentir mais de perto o que a população sente e precisa. Boa sorte no seu trabalho.

terça-feira, 24 de novembro de 2009


A, B C ou D


VESTIBULAR. Essa tem sido a palavra que mais tenho ouvido nos últimos tempos. Mais de domingo até hoje passei pela minha primeira experiência, o vestibular da UFRN 2010. No domingo acordei bem cedo e disposto, confesso que minha tranqüilidade até me assustou um pouco, mais afinal que seja feita a vontade de Deus.
No meu primeiro vestibular me sentir em casa, dividir sala com mais três amigos da minha turma do IFRN e quer saber mais tive a grata surpresa de estarem ali também Matheus Freitas e Pedrinho de Dedé Guaberto.
Entre erros e acertos, macetes e cálculos hoje escrevo aqui muito feliz pois sei que fiz o meu melhor, agora só resta esperar se foi o suficiente.!
Kercio Henrique


Queria que Rafael Fernandes tivesse um vice-prefeito como Caramurú
* Livia Sonalle

Sou declaradamente admiradora da pessoa de Caramuru, enquanto ser humano, profissional, militante social e muito mais ainda como Vice prefeito. A sua determinação, o seu empenho e a sua vontade de trabalhar para ver seu Município cada dia melhor, é algo assim, incomum ao cargo eletivo que exerce.

Tradicionalmente se perpetuou em nossas mentes que “ vice” é “ vice” e não serve pra nada, é como disse um amigo esses dias,”é apenas um reserva que fica torcendo que o seu titular se machuque para ele assumir o lugar”. Equívocos á parte, tenho certeza que Campo Grande é privilegiada por ter um vice- prefeito como você , ( pena que o próprio Poder Legislativo ainda não reconheça), porque nós, mesmo de longe conhecemos o seu trabalho, sabemos de sua competência e atuação e ainda digo assim: há se aqui em Rafael Fernandes tivesse um vice - prefeito assim!!

Acredito eu, que não vai ser a falta de um gabinete que vai fazer com que deixe de contribuir incansávelmente por melhorias para Campo Grande, como sempre fez, veja só Caramurú, só assim não ficará preso atrás de um birô, por que pessoas como você, voam longe e ultrapassam todos limites impostos, na sua grande maioria pelo próprio homem.
Deixa o Cara trabalhar gente!!!
* Lívia Sonalle, vereadora e professora da UERN

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

PENSANDO EM VOZ ALTA

O papel do Vice-Prefeito
*Simone Cabral
Da mesma forma que o vice passa a ter voz e ser parte importante no processo eleitoral, assim deve ser, ao assumir seu cargo no governo para o qual foi eleito. Como o Prefeito, o Vice é um cargo eletivo. Se eleito também pelo voto popular, o vice assume junto com o prefeito, o compromisso com o tratamento sério da coisa pública. Quando elegemos um prefeito e um vice estamos apostando em uma forma de gestão pública, maior que o administrador, maior que o partido. Certamente, há os que ainda defendem que o vice-prefeito seja apenas uma figura decorativa na administração pública, naturalizando essa prática viciosa da política.
Mas não me parece que este papel cabe para alguém que tem uma história de trabalho, dedicação e compromisso político e social como Caramuru. Muito menos, que se limite a dominação tradicional da burocracia-legal (ser o substituto), quando, a dinâmica e o cotidiano do trabalho em prol de uma gestão comprometida com o povo de Campo Grande, tem exigido dele e Bibi a divisão de responsabilidades, bem como, a soma dos créditos na adminstração.
Lembro aqui o Sociólogo alemão Max Weber na obra A POLÍTICA COMO VOCAÇÃO quando diz: “o agente político tendo a política como vocação terá a certeza de não desmoronar quando o mundo, do seu ponto de vista, for demasiado estúpido ou demasiado mesquinho para o que lhe deseja oferecer. Somente quem, frente a tudo isso, pode dizer 'Apesar de tudo!' tem vocação para a política” (WEBER, 1963, p. 153).
Nada poderei acrescentar a Weber, exceto o de acreditar que o verdadeiro líder político responde pelas suas ações, preocupa-se com as demandas coletivas.

Convênio da adutora do Sertão acontece nesta semana
* Caramuru

Antes do almoço, recebemos comunicado do Programa Desenvolvimento Solidario que nesta sexta (27), às 10 horas, no Presépio, Candelária, em Natal, será assinado o convênio com a parte correspondente ao aporte financeiro do Programa Desenvolvimento Solidário/SETHAS-PDS para a Adutora do Sertão. O evento terá a presença da Governadora Wilma de Faria e de outras autoridades como a Deputada Federal Fatima Bezerra.

É momento de muita alegria por se tratar do primeiro passo concreto para viabilizar água as 500 famílias beneficiadas. Ao todo este convênio somará quase R$ 700 mil em 7 subprojetos comunitários.

Paralelamente correm os processos para os aportes financeiros da FUNASA/Governo Federal, Projeto Dom Helder Camara/MDA e SERHID/Governo RN. Esta última tem demonstrado grande agilidade e integração através da equipe técnica do Dr. Iberê Ferreira, acompanhada pelo amigo Othon Militão. Em momentos anteriores foram importantes os apoios técnicos do Núcleo Sertão Verde e UFERSA.

Nada disto teria acontecido sem a participação da Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio do empenho do prefeito Bibi de Nenca e no processo o ajudamos no que competia a nossa parte. Por último, destaco a grande mobilização social que as associações comunitárias tem feito em torno da concretização do projeto. Ou seja, com todos e todas a favor não há como não dá certo. Até porque Deus ajuda quem trabalha.

Dia 23, uma data inesquecivel pra mim
* Caramuru

Se fosse vivo, meu pai estaria completando 92 anos. Aniversario de Sr. Francisco das Chagas me traz imagens dos exemplos de dignidade, humanidade e toda a parte de bons sentimentos que habita meu ser.

Forró da Adutora do Sertão acontecerá no sábado
* Caramurú

A assinatura do convênio da Adutora do Sertão será celebrada por todas as famílias beneficiárias e instituições envolvidas no sábado (28/11) com um forró animado pela banda Pressão do Forró, na comunidade de Cabeça do Boi. A festa comemorará o importante passo na conquista da segurança hídrica pelas comunidades. O prefeito Bibi de Nenca, como um dos grandes articuladores do Projeto, já confirmou presença. O Núcleo Sertão Verde, Programa Desenvolvimento Solidário/SETHAS, Fórum de Associações, Conselho do FUMAC e a Câmara, pelo presidente Arnaldo Bezerra, também estarão representados.

Festa Religiosa da comunidade Cabeça do Boi começa sexta
* Caramurú

De 27/11 a 06/12 acontece a Festa de Santa Bárbara, da comunidade rural Cabeça do Boi, com o lema "Santa Bárbara, nos anime a lutar por uma Comunidade de Justiça e Paz! Que Santa Bárbara nos motive a doar a vida pelo reino de Justiça e Paz". A missa de abertura será celebrada pelo Pe. José Egito Freire - SCJ. Entre os pregadores das novenas estão Eliene Holanda (Noite dedicada a Pastoral do Dízimo - 29/11) e Zuleide Araújo (Noite dedicada a Associação Comunitária - 02/12).

Pedro Pereira apareceu
* Caramurú

Pensei ter perdido o comentarista do nosso mural ao provocá-lo solicitando detalhes da biografia vitoriosa. Para nossa alegria ele levou uns elaborando um texto com aspecto de uma vida que serve de inspiração aos jovens da terrinha. Apreciem sem moderação:

"Prezado amigo Caramuru:

Conforme já conversamos nossa história de vida é a seguinte:

Sou filho de D. Sebastiana Pereira (que Deus a tenha). E saí muito jovem daí, em 1980. Ou seja: já vão quase trinta anos.

Fixei minha outra residência no Sul de Minas Gerais, em Poços de Caldas, aonde sempre vou. E para onde pretendo voltar quando deixar de trabalhar. Já morei no Ceará, em Minas Gerais, em São Paulo, na Colômbia, no Rio de Janeiro, na Bolívia, na Argentina, e agora estou em Cascavel, no Paraná, há dez anos.

A vida nunca foi fácil. Muitas mudanças, família para trás, mas graças a Deus e a Santana, temos conseguido superar os obstáculos. Somente com a graça de Deus e dos nossos esforços (meus e de minha família) é que temos chegado até aqui. Ainda não nos consideramos vitoriosos, mas se Deus quiser chegaremos lá. Somente Deus basta, certo ?

Sou casado a vinte e seis anos com a Ester. E temos dois rapazes: Marcelo que se forma em medicina em 2010 (tem 24 anos) e Mateus, que se forma em engenharia civil e em administração de empresas neste ano (e tem 21 anos). A minha mulher é coordenadora de uma escola municipal aqui em Cascavel.

Nós fazemos uma família muito unida e muito católica. Deus sempre está a frente de tudo que fazemos.

Acho que lembro de vocês muito pequenos. Da sua mãe (A Dona Rita de Seu Paiva). Do seu avô, de Neta, do finado Antonio, etc. também me lembro.

Vez em quando, nos emocionamos quando mostra (em seu blog) notícias de Alcimar de Chicó (que tínhamos como sobrinho). Coitado! Morreu muito novo! Também lá localizei a Angela Felipe de Sr. Antonio Chofer e outros personagens.

Quero parabenlizá-lo, não somente pelo trabalho no blog, mas também pela carreira de engenheiro agrônomo e vice-prefeito.

Dá prazer sabermos que nossa terra ultimamente está sob os cuidados de gestores tão fantásticos. Assim o foi com Bebeto e agora com V.S e Bibi.

Ano entrante, se Deus quiser, vamos para a Festa de Santana.

Quem sabe não nos encontremos por lá ?

Queria reforçar o abraço para Otto, Antonio de Mirabô, Deinha de seu Procópio, João Piscó, Dedeca, Bibi, Bebeto, Washington, Ângela Felipe, Dourado, Mazony, Raimundo Esteval, D. Mariinha de Sr. joão Jirorme (Jerônimo), Sr. Manoel de Glória e a todos.

Recomendações a sua família.

Um forte abraço e fiquem com Deus!

Pedro, Ester, Marcelo e Matheus".

Araújo vira Ojuara
* Caramurú
Toda obra do maior artista plástico de Campo Grande, José Ribamar Araújo ou J Araújo, está no site www.ojuara.com . Lá os visitantes encontram as pinturas divididas em casarios, desenhos, figuras, figuras sacras, litoral do RN, natureza morta, paisagem e retrato. Para os saudosistas, as pinturas tem o mesmo efeito de olhar foto em monóculo. Visite o site veja obras que retratam 'Casa do Sítio Logradouro - Campo Grande/RN' e a Fazenda Belo Monte, dentre outras.
Este é o time que eu jogo

Eu não sabia que vice-prefeito não pode trabalhar
* Caramurú

Acabo de sair da sessão da Câmara de Vereadores onde por 6 votos a 3 foi negado o Projeto de Lei do Poder Executivo que criava o Gabinete do Vice-prefeito e definia as atribuições. A população se fez presente, encheu o auditório e deixou clara a posição favorável a uma escolha simples, transparente e sem nenhuma dúvida: O VICE-PREFEITO DEVE OU NÃO TRABALHAR ? A maioria dos vereadores achou que não. Saí indignado por me ver empurrado para uma atitude que nunca foi minha que é a passividade de não trabalhar.

O projeto tramitava na Câmara havia quase 06 meses, portanto, houve todo tempo do mundo para o debate e a análise detalhada com direito a opinar sobre prós e contra, alterando, se fosse o caso, alguma atribuição definida para o cargo. Nenhuma sugestão para melhorar o projeto foi apontada, exceto a recomendação que ele fosse apresentado depois. Daí o único argumento contra é que geraria gastos. Então, o prefeito Bibi explicou que as despesas não passariam de um papel de luz, haja vista que seria utilizado um local próprio da prefeitura para instalar o gabinete e os móveis foram doados pelo INSS.

Ao final, cumprimentei um a um os vereadores e ouvi muitos “não é nada contra você, mas é que ...”. Eu entendi perfeitamente e afirmei também não haver nenhum ressentimento pessoal contra as escolhas políticas que eles e elas fizeram, mas não posso deixar de julgar como pequena demais as razões para cargos das grandezas que ocupam. Porque pesou na decisão, antes de qualquer coisa, o critério pessoal sobre o coletivo. Na verdade, o resultado era esperado uma vez que nos bastidores os argumentos eram de uma ofensiva para me punir pelo que sei fazer de melhor que é trabalhar para honrar a confiança do povo.

O erro cometido contra Campo Grande foi em 11 meses atuando como vice-prefeito ao lado de Bibi de Nenca ter conseguido R$ 1,7 milhão para a adutora do Sertão, R$ 900 mil em projetos e emendas intermediados pela Deputada Federal Fátima Bezerra e aumentado de R$ 400 mil para R$ 900 mil os investimentos previstos para o Conselho Municipal do FUMAC. Tenho errado por abrir as portas que conheço para o prefeito Bibi implementar algumas das suas ações. Sou ruim porque me coloco às vezes como assessor técnico elaborando projetos para a prefeitura. Peco ao apoiar Bibi de Nenca sem pedir beneficies, inaugurando uma nova era nas relações de alianças políticas. Não sou bom porque todo início de mês faço um relatório de atividades prestando contas ao prefeito e apresento minha agenda para construção comum. E o prefeito não sente ciúmes de nada disso porque sabe da minha fidelidade ao nosso projeto.

Com tudo isto, devo está me tornando chato, incômodo e ameaçador as bases políticas de uns vereadores. Há até quem argumentou que “eu estava ganhando asas demais”. Peraí, trabalhar pelo município é voar ? Então tenham certeza, estou pronto para virar um condor e não foi este tiro que me derrubou. Trabalharei mais e mais. Caminharei mais e mais. Buscarei mais projetos e sempre com um único objetivo que é engrandecer nossa terra. Porque sou agrônomo realizado que entrou na política não para sobreviver, mas para ajudar. Tinha faltado combinar comigo que eu deveria ficar parado, até porque se fosse assim eu não haveria aceito o convite.

Acredito que a Câmara na qual tenho elogiado pela postura austera desta atual composição deu um passo atrás ao rebaixar o debate a argumentos insustentáveis. Se eu errar, me acuse na tribuna. Se eu não agir com grandeza política, me queime nas bases. Mas preferir impedir a criação de atribuições para o vice-prefeito é sem muito sentido. Mas preciso fazer as justas ressalvas. A oposição cumpriu um papel político até compreensivo. Vagner e Arnaldo votaram com a grandeza de parlamentares comprometidos com o desenvolvimento da cidade. João Piscó votou sim, mas explicando que seu coração pedia o não. Dilcinéia e Branquinha foram taxativas nos não. O povo julgará as razões de cada um.

Finalmente, quero dizer aos que votaram na dupla Bibi e Caramuru para dá continuidade ao Governo de Bebeto e aprofundar as mudanças, tenham certeza que nem mudarei a minha posição política de governista e nem afastarei um passo da tarefa de colaborar com o Governo que me somei por acreditar e vejo cumprindo longo esforço para fazer a nossa terra querida crescer, superando amarguras e ranços políticos que só trazem atraso e sofrimento para nosso povo.

Termino como humanista, buscando inspiração em Darcy Ribeiro para dizer da motivação que segue pulsando nas minhas veias e no meu peito: “Fracassei em tudo que tentei na vida. Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui. Tentei salvar os índios, não consegui. Tentei fazer uma universidade séria e fracassei. Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei. Mas os fracassos são minhas vitórias. Eu detestaria está no lugar de quem me venceu”.

domingo, 22 de novembro de 2009



Sem rimas ... O Transformação
* Iracema Maniele (foto)

A emoção, o desejo, criatividade e compromisso vêm...
Olha quem chegou o transformação...
É no palco, nas ruas e na história...
Não importa onde seja, chega à transformação.

A cultura através dos versos, canções e interpretações
Nos transmitem alegria e a sede de aprender
O carinho e a atenção nos contagiam
A inclusão e dedicação têm tanta magia

São jovens, crianças e adolescentes
Não tem idade e nem raça para definir
É o espaço da inserção, é o espaço da emoção
Esse é o transformação

É comedia, romance e dramaturgia
São verdadeiros artistas
Os personagens nascem naturalmente
E com responsabilidade fazem a diferença

O planejamento é o grupo
A existência do coletivo
Sem o individualismo e hipocrisia
Como no palco tem o espaço de ouvir e falar

A cultura nasce em berços culturais
Mas, o difícil é cultivá-la
Campo grande além de ser denominada
A terra dos músicos
Temos também dramaturgos

É arte, é construção e evolução
É muita gente envolvida
É tempo de buscar o melhor para crescer
É na prática das ações
Que queremos ver proporção

A coordenação de cultura
Tem uma grande missão
Vem com a provocação e insistência
Ao lado do poder publico e de suas abrangências
Pedro Miau e os envolvidos fazem a diferença

São a altas horas que trabalham
Na calçada da igreja da cidade
Santana os abençoam
Para que toem as indiferenças

Não importa onde seja
São as calçadas e as ruas
E o publico os acompanham em qualquer lugar
Os aplausos e os risos é a certeza
Que mais um espetáculo foi projetado
E aceito com clareza.

LULA: o filho do Brasil
* Caramurú

A trajetória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai ser revelada nos cinemas. O filme "Lula, o filho do Brasil", do diretor Fábio Barreto, vai mostrar, dentre outros aspectos, a relação entre esse homem e a sua mãe - uma mulher simples, analfabeta, que lutou para criar oito filhos e preservar a família unida. No elenco, há nomes de peso, como Glória Pires, interpretando a mãe de Lula, dona Lindu, Cleo Pires, interpretando Lurdes (primeira mulher de Lula), Juliana Baroni, como Dona Marisa Letícia, só para citar alguns.

O filme é baseado no livro de Denise Paraná, que tem o mesmo nome, e retrata a trajetória de Lula até a década de 1980, abordando uma parte da vida do presidente que pouca gente conhece como o seu nascimento em Pernambuco, com uma infância difícil de miséria e sem pai. O que o filme passa é um cidadão que poderia não ter dado em nada pela falta de oportunidades, mas que conseguiu, com muita luta e determinação, chegar à presidência.

A pré-estréia aconteceu esta semana, dia 18, no Cinema Nacional, em Brasília, somente para alguns convidados. Sua estréia só acontecerá em janeiro nos cinemas brasileiros. Segundo o diretor, muitos chefes de Estado já entraram em contatos e pediram autorização para mostrar a história do nosso presidente em seus países. Dentre eles, destacamos o presidente Barack Obama, que solicitou à produção do longa para que a pré-estreia internacional do filme seja realizada nos EUA, com sessão Première em Washington.

Ficamos, então, na expectativa para conhecermos mais de perto a história de um homem nordestino como nós, representante legítimo do nosso povo que, com sua genialidade, nos fez acreditar na vitória da esperança.





Parlamentar que votar contra o povo terá que mostrar a cara
* Caramurú

Nesta terça-feira a Assembléia Legislativa do Estado do RN receberá comitivas vindas de todos os pequenos municípios do Rio Grande do Norte, mobilizadas pelos prefeitos, para apresentar o projeto que propõe o justo rateio do ICMS, levando o benefício para o interior potiguar. O problema é que a maioria dos deputados estaduais temendo perderem votos em Natal e Mossoró estão fugindo da polêmica. A pressão de terça fará eles entenderem que sendo omissos podem se complicar com mais de 150 pequenas cidades. Vão entender que não dá para servir a Deus e o diabo.

De Campo Grande o prefeito Bibi de Nenca levará uma grande caravana. Na volta pretende dizer para o povo quem são os deputados que defendem o projeto. Aí os parlamentares vão entender que mandato parlamentar é para votar o melhor para o Estado e não para si, contrariando o pensamento de muitos deles.

Líder de audiência ...

"Você que está nos ouvindo na Itália, Espanha e África estamos aqui para tocar o seu coração"

Zé Régis, radialista, se garantindo no penúltimo programa de sábado a noite na FM comunitária local, agora com endereço de internet.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

*Simone
Foto: Sebastião Salgado

20 DE NOVEMDRO- DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

PRECONCEITO TEM COR


UM POEMA, UMA IMAGEM...No dia em que marca a luta do movimento negro pela afirmação da identidade negra e ao combate ao mito da democracia racial brasileira, por meio da denúncia e coibição de todas as formas de preconceito.

CECÉU: O EMBAIXADOR DA ÁFRICA
HELENA LUTÉCIA LUNA COELHO

Cecéu nunca havia pensado
que preto podia ser bonito
até que um dia,
folheando um livro
de história do Brasil,
viu um negro vestido de rei.
Ficou pasmo!
estatelado de tanta admiração!
Então preto podia ser rei?
e como era bonito aquele
rei-preto da África!...
Cecéu prestou atenção e viu
que era igualzinho a ele:
nariz chato, lábios grossos,
pele escura e o cabelo...
o cabelo?...era mais pixaim
que o dele!!!!
Como é que pode, um rei
com cabelo pixaim?
A diferença...onde estava?
Já sei! Está nessas roupas
tão lindas! Roupas de rei!
manto de pele de onça,
colar de dentes enormes
com sementes coloridas,
cabeça coroada e na mão
uma grande lança
mais alta que o próprio rei.
Também, fantasiado assim
Até eu ficava bonito!
Pensou Cecéu com vontade
de ser pelo menos o filho
do rei da África!
Mas, olhando bem de perto
havia outra coisa no rei
que lhe chamava a atenção.
Era um jeito orgulhoso,altivo
de quem gosta de ser como é
e até se acha bonito.
Cecéu ficou pensativo:
Será que só preto-rei
Podia ser orgulhoso?...
E foi lembrando dos negros
que tinha esse ar de rei:
artistas da TV,um cantor
americano que viu na capa de um disco...
Ah! Mas aí é tudo barão!
será que só quem é rico
pode ser preto e bonito?
Pensou no pai, na mãe
no pessoal da vizinhança...
ninguém gostava de ser preto.
Então,lembrou-se d eum cego
que fazia ponto na esquina
pertinho da padaria.
Era um negro tão diferente
pedia esmola sorrindo
coisa que nunca se via!...
O cego ouviu sua
pergunta e respondeu,
com uma risada:
meu menino escuta bem,
eu já pensei como tu
chorava por ser um negro
sonhava em mudar de cor
mas um dia fiquei cego
e isso perdeu o valor.
Cecéu ficou preocupado:
Será que a gente
precisa esquecer a própria cor
prá poder se sentir bem?
Entrou em casa quietinho
e foi deitar-se bem cedo.
Sonhou que estava na África
e o rei mandava chama-lo
para contar um segredo:
Cecéu, eu sei que você
é um negro brasileiro
e lá quem é dessa cor
sofre com os preconceitos;
Pois eu irei nomeá-lo
o nosso representante
na sua terra Brasil,
prá lutar pelos direitos
e pelo orgulho dos negros.
No outro dia cedinho
a mãe até se assustou
quando Cécéu se vestiu
e foi saindo pra escola.
Ele estava diferente!...
andando com ar altivo
cumprimentando as pessoas
olhando-as dentro dos olhos
e todos se admiravam
ao vê-lo assim tão bonito
nas suas roupas de sempre
mas com um jeito tão novo!
Parecia até Um embaixador da África!

Ster Bom Demais
* Caramurú

O prefeito Bibi de Nenca fechou entendimento com o empresário da Ster Bom para se estabelecer em Campo Grande uma representação do grupo com vendas de sorvetes, água mineral e gelo para toda região oeste. O empreendimento ainda fará a instalação de boxes pela cidade e renderá cerca de 20 empregos diretos. A atitude de atrair investimentos não é fácil quando se trata de pequenos municípios interioranos como o nosso. Portanto, a capacidade de articulação de Bibi contou muito. O empresário fará visita a Campo Grande na próxima quarta-feira com perspectiva de definir detalhes para iniciar o negócio o mais breve possível. Ter uma empresa de sorvete, água e gelo é a única fria que todo município quer entrar.

Vereador Vagner confirma professores de renomada Escola de Natal para reforçar turma pré-vestibular de CG
* Caramurú

O vereador Vagner tem sido incansável na busca de alternativas para apresentar um bom mandato ao povo de Campo Grande. Desta vez está trazendo o professor Carlinhos para as turmas de alunos do Curso Pré-vestibular Abrindo Caminhos. O aulão está agendado para o segundo final de semana de dezembro e será dado pelo Professor Carlinhos e outro (ainda não definido), ambos da Escola Contemporâneo e do Curso de Línguas CALL. Só posso tirar o chapéu para a atitude grandiosa.

Mulheres conscientes na prevenção das DST/AIDS
* Caramurú

A nossa última enquete teve 11 votos em 6 dias. Todos os cliques confirmaram que se previnem durante as relações sexuais para evitarem doenças sexualmente transmissíveis. O assunto terá prosseguimento com discussão nas escolas no início de dezembro, período da luta mundial contra AIDS.

Diário de Ben e Patty Strik
* Caramurú

Vale sugerir a leitura do blog www.projetotemosdireitos.blogspot.com. onde o casal de holandeses, Ben e Patty Strik, relatam como diário a vinda ao Brasil e suas impressões. Da passagem por Campo Grande foi feito o texto que reproduzo abaixo. Dentre outros, Ben destaca a força da organização social, o legado de Pe. Pedro e a boa imagem que ficou de Bibi de Nenca e do trabalho do Núcleo Sertão Verde. Ben diz o seguinte:

Quarta feira, 28 de outubro.
Levantei as 3 horas para escrever. Dormi de novo até 7.45h. Caramuru, o vicepresidente veio nos buscar na bed and breakfast de Madalena, uma casa em estilo antigo, adatada a esta função com no primeiro ander 5 quartinhos, 2 a esquerda, e 3 a direita, com um banheiro e douche em conjunto e um quarto no fim ao outro lado da casa com tudo, em que nós estamos com airco. Graças a Deus pois as noites são pelo calor muito quentes. No corredor Móveis antigos de ótima qualidade com uma mesa enorme com 6 rietmatten cadeiras e mais para a janela com balcão com vista na rua e casas do outro lado, um banco com 2 cadeiras, tudo grande para descansar de vime. Dois amários exóticos de marrão bem escuro. Um balde de água com 2 torneirinhas para frio e normal. Em baixo na segunda parte a mesa para o café, que é tão abundante que dispensa de comer a meio-dia. Madame Helena quer saber tudo de nós e o que fazemos. Entrou um homem gordo, quando estávamos a mesa, de que ela contou de estar separada da mulher e que gastaria de ter para ela uma das casas no conjunto Centro Nossa Casa Ronaldo Valência, com agora 44 casas, mas faltam 46 para completar 100. Qual era a nossa influênncia nisto? Damos a entender que nada tivemos com isto. O homem tinha uma barriga de tambor.Fomos falar como prefeito que chamam Bibi de Nenca, porque o pai dele morreu num acidente, quando tinha 3 anos e foi educado só pela mãe. Mas ele se chamaTambem estavam presentes a diretora do Centro, o presidente da Câmara Arnoldo Bezerra, gente da paróquia de Santana e do Núcleo Sertão Verde. Mais tarde entraram Zuleide e a irmã, que mora com ela. O prefeito nunca tinha tido algo com a política como tambem Caramuru. Estavam no primeiro ano dos quatro a ir. Nos apresentamos uns aos outros. Fiz uma bocado de brincadeiras para quebrar o galho e cantei. Houve muitas risadas. Falamos da cidade muito velha mais com pouco desenvolvimento. Toda coberta com altas e baixas com paralelepípidos e estradas, quase todas largas. Com a maior igreja do Rio Grande do Norte e num cume ainda uma capela, de onde se via toda a região com aqui e acola lagoas em grande parte enchidas pela represa colocado no rio um pouco distante. Havia muitos pescadores, um pouco criação de peixes, mas podia-se aproveitar muito mais da água para a lavoura e abrir hortas.Seria interessante em vista de tudo que o padre Pedro Neefs em 30 anos organizou com o povo para melhorar a situação financeira, de interessar o príncipe Quilherme e a princesa Máxima, ele expert em questões de água e ela em questão de financiar agricultura em pequenas proporções. Falamos de dar cursus de todo o gênero por meio de Sertão Verde, associação fundada sob a inspiração do padre Pedro para formar novos líderes mais interessados em prestar serviços que procurar carreira. Sobre a política mais dirigida para aumentar a monocultura. Da luta de Winnie contra a monocultura de eucalipto da Vera Cruz, fabricante de papel readquerindo para os índios Tupinikins e Guarani, de 18 000 ha de terra roubada deles. Estavam precisando na cidade pessoas técnicas para dar uma ideia de como se aproveitar mais das terras. Infelizmente a prefeitura não tem influência nas terras fora do município na posso do Estado Federal. Foi uma conversa boa de mais de uma hora com a promessa de volta a Holanda, de repensar sobre tudo falado.Almoçamos num lugar idílico quinze minutos fora da cidade com em redor um lago enorme com pescadores em canoas, e a esquerda uma serra enorme até 750 metros de altura, de pedra bruta em várias cores. Na baixadas lagoinhas com na terra irregular arbustros quase sem folhas, esperando as chuvas de janeiro em diante. Uma vista de pouco atração, que então se transforma numa fábula e flores maravilhosas nos cactos enormes em redor e verde em todas as variedades. Comemos um peixe bom, antes de meio dia tirado do lago grande.Na tarde fomos ver uma experiência de horticultura ecológica. Muitos canteiros para herbas e verduras, com no meio em todos mamoeiros com frutas enormes. Dá trabalho e renda para 5 famílias. Estão faltando os aneis para criar miocas. Vamos ver quem na Holanda quer ajudar na compra. Vimos em seguida um novo inicitivo com ajuda de uma dezena de ONG’s entre os quais europeias, de fazer líquidos de limpeza. Para a louça, o chão etc. O ideador morreu num acidente. O irmão está agora na posse de um belo prédiozinho com dentro todo o material de base para começar antes do fim do ano para a fabricação. O pai estava junto com que me colocaram no foto abraçados. Um homem ainda forte de 78 que adivinhou imediatamente a minha idade.Caramuru nos levou em seguida para a Rádio aonde Patty e eu deram uma entrevista com a única senhora presente, que tambem deixou ouvir a cidade números do CD com 31 cantos, feito pela Patty como presente da nossa visita. A rádio só era para a cidade, mas era bem ouvida. Cantamos juntos Beminnen.Às 17 horas fomos dar uma palestra com música no salão num alto com em redor as 44 casas prontas. Ainda faltam 30, pelo qual nós demos ajuda pela festa de 35 anos da Brasil em Marcha, que será completada com R $ 8,500,00 para cada casa pelo Estado Federal antes do fim do ano, esperam. Não sabem se os 10 000 já chegaram, 26 000 reais.?? O salão com na coizinha atrás fogões, vrieskist, num quarto que pode ser bem fechado uma televisão que poderia ter sido melhor, (notas fiscais?) e um corredor só telhado por cima, não dá uma ideia de bem organizado e prático. Estavam a nossa espera todas as mulheres com muitos filhos. Na cozinha estavam preparando pãozinhos com carne ensopado que seriam depois distribuidos com guaraná.Falei sobre o sentir de cada mãe sem marido. Da luta que tiveram de se sustentar. De nenhuma vista romântica sobre o casamento ou jovem a encontrar. Cantei para as crianças. O amor de Deus para todos e com Recebe as flores dava uma impressão do amor entre Patty e mim, o que resultou num bate-palmas enorme, sem fim. Ao fim as crianças nos rodeavam, para eu adivinhar como um Deus na Terra, a idade deles. Quase todos entre 6 e 8 anos. Quando acertava, corriam a mãe para dizer que eu tinha dito que idade tinham, que consideravam um milagre. Um me chamou de papai Noel, pela minha barba, que cresceu muito. O encontro nos deu uma ideia do conjunto das coisas de que podiamos formar uma lista de peruntas a respeito de uma prestação de contas que falhou;Continuamos a rodada com nos sentar em frente da casa de Caramuru, sob a luz das rua, com a mulher dele e as 3 filhas, de 12, 4 e 3. A sogra dele e um bocado de outras pessoas se juntaram para bater um papo conosco pedindo mil coisas. A sogra saiu com uma amiga no moto, como se fosse 21 anos. Há mais destes meio de transporte na cidade do que carros. Já que o vice prefeito tinha o dia rodado conosco, parecia que as pessoas que queriam falar com ele e pelo telefone e pela sua presença agora ainda queriam presentar os seus pedidos e queixas. Sentaram-se, levantaram-se para falar com ele no meio da rua larga e desapare-ceram de novo sem se despedir.Fomos em casa e dormimos um pouco, para em seguida com Zuleide e irmã fazer uma visita ao padre Tarcício, que já esteve muitas vezes na Holanda. Como na casa de Geraldo van Geel em Bergen op Zoom. A casa paroquial enorme foi construido com dinheiro da Holanda pelo padre Pedro. Havia uma escada subindo num circulo, pela qual ele se tinha levado para cima pela última vez em 2004, de volta da Holanda depois de uma operação na perna. Patty falou sobre a biografia que ele queria fazer depois de terminar a de irmã Pacifique. O outro padre não estava presente. Tarcísio estava colocando em dia a casa que em 12 anos não foi cuidada. Ao despedir disse, que éramos benvindos na casa dele, quando os quartos em cima de novo estavam prontos. Nos despedimos e fomos dormir.

Quinta feira, 29 de outubro.
Levantei às 5.30 horas. Patty uma hora depois. Vamos terminar o último dia de visitas. Aa 8 horas vem nos buscar para ir a escola do Bom Jesus. Um assentamento antigo. Situado uns km da estrada de asfalte, bem para dentro da caatinga. Passando por um caminho cheio de buracos, inclinações, pedras e perigos de ficar preso ou de furar um pneu. De repente o panorama fica mais amena, devida a uns laoginhos, aqui e acolá de que os camponeses tiram a água para praticar a agricultura. Umas 600 famílias que formam no meio de sertão, com 6 meses seca e 6 meses chuva, uma associação, graças a padre Pedro que todos conhecem e amam.Sertão Verde, belo nome neste meio 6 meses quase toda em desolação, começou de orientá-las dando em breve a cada família 40 galinas caipira que dão uma media de 30 ovos por dia. Introduziram umas ovelhas, que morrendo e pela nova cria agora são 28. Só para a carne. Não dão lã. Ha um bocado de cabras e bodes, mais resistentes que vacas neste meio 6 meses seco, que se alimentam com os galhos dos arbustros e plantas secas da caatinga. Fizeram na frente no salon central, em que havia uma fotografia grande de pe Pedro Neefs, e na parede de fora o seu nome, meio escondido debaixo do telhado livre construido contra o salon, uma reunião. Sentamo-nos debaixo desta na sombra pretegido contra o sol, que já fez registrar 34 graus. Uma dúzia de mulheres e quatro homens estavam ja presente para ouvir a nossa palestra sobre o trabalho e razão da nossa vinda. Cantamos Pat e eu juntos o canto amor tambem em holandes. Mesmo duas vezes por pedido. As crianças iam a escola na cidade, bem 10 km distante, depois que fechou a escola local. O vice prefeito Caramuru falou da importância do pr Piet para otrabalho aqui. Um homem elogiou pe Pedro de mil maneiras. Foi a ele que deviam tudo. Pat contou que depois de terminar de escrever a biografia de irmã Pacifique de Minas, desejava de escrever a biografia do padre Pedro. Que deviam tomar nota ou fazer entrevistas sobre vida dele e mandar num CD para ela. O homem contou que o pe Pedro lhes animava de estimulou de ficar mesmo quando a vida era muito dura. Camarumu disse que antigamente os jovens só sonhavam de ir a São Paulo, mas sabendo que muitos terminaram de desparecer nas favelas, que hoje a tendência era de permanecer no semi-arido e de apreender de viver com ela e de se adaptar.Voltamos a cidade para visitar uma escola primária em que tinham comçado de aplicar em 2 classes um méthodo moderno de alfabetizar os meninos e as mininas, dividindo os alunos em grupos de 4 para os instruir. Usando o método de Paulo Freire etc. Depois de pouco tempo perceberam que os alunos, que antigamente sairam da escola sem serem alfabetizados, agora chegaram de 20 dos 22 em pouco tempo. No quadro negro mostraram-nos os resultados obtidos.Depois de almoçar e de dormir um pouco fomos fotografar, falar com algumas famílias do Centro Nossa Casa Ronaldo Valência, este falecido por um acidente. Fomos ver o que fizemos e iam fazer com os € 22 000,00 recebidos da Margreet,o coros de Brasil op weg e Het Grote Bos. Contaram que algumas TV e CD já foram uma vez roubados. Depois disto formaram no salão enorme um quarto em que guardam todas as coisas com porta bem fechada. No momento estava de noite alugado a uns operários do estado trabalhando com eletrificação da região, Fomos ver algumas casas. A promessa agora é que com os 10 000 de Grote Bos, vão construir 15 casas com a ajuda do Estado Federal, que, por um novo projeto, dão 8 500 real para cada 1500 real para construir casas bastante espaços. Patty tirou foto’s das 40 casas prontas. As 4 de um benfeitor de Breda, eram bem menores, insuficientes para a vida familiar. Há terreno de sobra para as 100 casas planejadas. Numa ladeira íngreme com as ruas no meio já traçadas. Uma central vai ter, dentro em breve calçamento com paralelepípidos, que se une em baixo a uma rua já coberta com este material. Toda a cidade muito extensa nas colinas, é coberto assim. As ruas muito largas. Para dizer a verdade a cidade, em que há pouca violência, transpira paz e bemestar, devida em grande parte ao padre Pedro Neefs, que nos 30 anos presente, formou 40 associações de melhorar a vida.No escritório da Sertão Verde falamos das prestações de contas e dos planos para melhorar o bairro das futuramente 100 casas de mulheres com crianças, mas há tambem já famílias normalmente constituidas. Eles mostraram as faturas de tudo, que até agora não mandaram. Patty explicou o que deveriam fazer para o futuro para satisfazer os benfeitores com fotos claras e com uma lista de faturas para Wilde Ganzen. Que nós temos mais vontade de serem culpados dos erros e falhas deles. Zuleide disse que com Conceição daria conta. Nós lamentamos que a diretoria toda não estava presente, presidente, secretáia e principalmente a tesoreira. Que se o responsabilizar da Zuleide por tudo não tinha valor. Responsáveis eram as 3 da organização. Devemos ver as coisas bem separadas.Com a presença de Caramuru falamos sobre compor um curso para aumentar a horticultura pago pela Holanda. Com tambem algumas das mulheres, que desejam de usar um pedaço perto das 44 casas, para começar uma horta. Caramuro vai preparar um projetinho para comprar os aneis para a criação de minjocas, em Campo de Aviação. Terminamos a nossa presença de 2 dias na esperança de estreitar os laços e de continuar o trabalho de pe Pedro. Que iam juntar material sobre a vida dele. Caramuru ia conosco amanhã para Natal. Se houver problemas com a passagem para Salvador, há um lugar de permanecer lá uma noite com amigos do pe Pedro. Telefonamos com pe Pedro sobre tudo feito, que gostou demais. Depois com Nana em Salvador que nos virá buscar, se sai tudo bem no areoporto. Tambem a família Augel pediu de tomar contato para usar a casa deles. Mas certeza temos so amanhã. Escrevi um E meio ao Winnie, que amanhã vai para Africa. Sobre os planos com o resto dos livros. O acolhimento amigável deles que resultou num trabalho nosso maravilhoso. Que ia ler o projeto de MST, que ele mandou.De noite falei para 60 jovens na momento ativo de tentar de adquirir um lugar na universidade. Uma parte deles, de Triunfo. Falei do frei Tito e a minha relação com ele. O trabalho dele e eu para a juventude e os abandonados. De iniciar as olimpíadas dos Esquecidos. De lutar mais de ser serviçais que procurar carreira. A Fátima enfermeira e administradora em hospitais, solteira, nos levou a um ponto alto da cidade, aonde o prefeito tinha feito uma praça na ladeira de uma coluna para um lugar, bem arejado, com um bar e recreio para crianças. Fomos dormir depois cedo às 22 horas.

Sexta feira, 30 de outubro.
Dormimos bem. Levantei cedo para escrever. Às 7.30 horas café. Depois partida para Natal. O que durou, como todas as coisas no nordeste. Aqui se trabalha para viver. Enfim veio um pickup chevrolet com um outro motorista Alexandre, de que o Caramuru que nos acompanhou, o vice prefeito, disse que era 6 vezes casado e que tinha jeito de emhora. Ele tem 3 filhos de 3 namoradas diferentes. Da minha parte tenho dito durante a viagem, que acreditava numa melhora dele. Que deveria se ligar mais a Deus e viver mais da cabeça do que do corpo e o corpúsculo com o que se distingia da mulher.Nos despedimos da Madalena, dona da bed and breakfast e todo o pessoal da Sertão Verde. Foram 2 dias cheio de informações úteis. De novas amizades e de muitas informações sobre a vida do pe Pedro. O carro não puxava bem. Andava no gas, que tem menos força. Podia tambem funcionar com gasolina e alcohol. No aeroporto estavam nos esperando Socorro e Angela, duas senhoras solteiras. A primeiro trabalha com o governo do campo de agricultura familiar. A outra se tornou uma grande pintora. Duas frutas do trabalho formativo e social do padre Pedro. Já que esperávamos problemas com a última passagem de Natal a Salvador, Caramuru tinha as chamadas no caso que tivéssemos de permanecer em Natal. Foi providêncial. Pela 4 vez falando do assunto, negaram de dar passagens.Nem a interferência do chefe e o representante do KENAC, me parece, eram capaz de discernir o erro. Nos deixaram por conta. Caramuru ajudou muito mas nada conseguimos. Tinhamos de comprar uma nova passagem, que custou na GOL 1600 R para nós dois. Graças a Deus as TAM cobrou sòmente 600 R. Temos que ver como isto ter de volta mandando um E meio a Marius in Woerden. Mas o vôo era amanhã às 6 horas. Despedimo-nos depois de um almoço num restaurante tìpicamente nortista e comer por kg.Fomos passear num parque bonito com mais de 1300 árvores diferentes. Com muita diversão para o povo, a juventude e as crianças. Angela tinha optado por este lugar, pois se ia encontrar com um amigo dela, que no fim do passeio nos veio ao encontro. Bem vestido, cabelo branco, um branco que nada tem com a pobreza de sua nação, que logo percebia pelas perguntas políticas que fez. O que pensa da Lula, um incapaz e a consequência desastrosa da bolsa de comida, que fazia dos nortistas vagabundos sem vontade de trabalhar. Seria bom que ele dependesse de uma bolsa de comida. Falei sobre a pobreza do Brasil e da necessidade de começar as Olimpíadas dos Esquecidos. Estranho que Ángela era amigo dele.Socorro nos levou a sua casa, onde tinha no 2o andar um apartemento pequeno mas atraente. Com água bem fria, uma cerveja e um pouco de queijo enchemos a noite e gravamos coisas sobre Pe Pedro. Dormir cedo e o dia seguinta às 5 horas para o aeroporto.